Como acabar com a celulite?


celulite00

A celulite é a grande vilã para qualquer mulher, os temidos furinhos sempre aparecem quando menos imaginamos, como mágica, eles surgem e não saem mais. Pensando nisso, reunimos algumas informações importantes sobre a celulite e alguns tratamentos milagrosos que temos no mercado. A celulite é um problema multifatorial, ou seja, depende de vários fatores, como a alimentação, o sedentarismo, alteração hormonal, puberdade, gravidez e etc. Normalmente aparece no organismo feminino e pasmem, atinge 95% das mulheres.

As regiões comuns de se encontrar a temida celulite são: abdomem, quadris, culotes, nádegas, coxas e pernas. Normalmente onde as mulheres acumulam mais gorduras. Como elas se formam¿ A gordura pressiona os vasos e isso causa um inchaço na região e uma má circulação. Esse processo gera uma inflamação do tecido, dai aparecem os furinhos (pequenas cicatrizes). O liquido acumula nesses pequenos espaços e “eleva” a pele, por isso temos aquela aparência de relevos, ou melhor, “casca de laranja”.

celulite e estrias Como acabar com a celulite?

Os especialistas no assunto explicam que a celulite se forma através de células que tem a função de acumular energia(gordura) para usarmos quando necessário. Nosso corpo precisa dessa energia-gordura para as práticas do dia-a-dia. Essas células ficam na camada mais profunda da pele, a hipoderme. Por isso, é tão difícil de tratar, não é algo superficial. Quando líquidos e proteínas se acumulam nessas células de gordura, acaba modificando a superfície da pele, deixando-a irregular. Ou melhor, dizendo: com furinhos.

Nem sempre a celulite está ligada diretamente a obesidade. É claro, que o aumento irregular do peso acarreta o crescimento dessas células de gordura e quanto maior o peso, mais trabalho o organismo terá para queimá-las. As pessoas mais magras tem mais facilidade em queimar essa gordura que se transforma em energia.

drenagem linfatica Como acabar com a celulite?

Drenagem linfática

Existem alguns estágios no aparecimento da celulite. São eles: quando provem da circulação são quase imperceptíveis, os furinhos só são vistos quando apertamos a pele. Quando essas células de gordura crescem, os furinhos começam a ficar maiores, nesse caso já são percebidas sem ter que apertar, podemos sentir a ondulação apenas em passar a mão na pele. Existem também aquelas irregularidades que não precisamos por a mão para sentir, podemos vê-las de longe, essas são as piores.

 Como acabar com a celulite?

O tema é crítico, mas podemos combater e evitar a temida celulite. O processo não é tão simples e é preciso mais que força de vontade para combatê-la. O primeiro passo é a reeducação alimentar, uma alimentação saudável ajuda a manter o corpo em equilíbrio, além do mais, a obesidade está associada à piora da celulite. Evitar o sal, ele retém líquidos do organismo. Atividade física para queimar calorias, evitando que as gorduras fiquem acumuladas. Beber muita água, de dois a três litros por dia, sei que muita gente esquece isso, mas nosso organismo precisa, e muito, de água.

Outro fator que também influencia no aparecimento da celulite está ligado ao emocional. Muito estresse provoca desequilíbrio no organismo. Isso pode complicar e muito o funcionamento das células. Além do que uma pessoa muito ansiosa tende a comer mais. Outra dica importante: não fume! O cigarro compromete a circulação no sangue e isso dificulta a passagem do oxigênio nos tecidos.

Carboxiterapia 1 500x333 Como acabar com a celulite?

Carboxiterapia

Existem tratamentos clínicos que melhoram o problema: A Carboxterapia (injeção de CO²) melhora a circulação nos tecidos; O Accent (aparelho de radiofrequência) melhora a textura da pele; A drenagem linfática estimula as células com massagem, levando o liquido dos tecidos para as veias. Há também tratamentos em cremes, existe uma infinidade à venda no mercado, mas eles só dão resultado se combinados com algum tratamento específico e, é claro, com a mudança de hábitos diários.

radiofrequencia emagrecer Como acabar com a celulite?

Accent

1 reply to this post