Como aumentar sua renda – dicas


4819249689_36890d5550_b (1)

Pagar uma dívida fazendo outra, quitar apenas a parcela mínima do cartão, receber telefonemas dos credores, fazer empréstimos seguidos para tentar equilibrar a situação, atrasar pagamento de contas essenciais e, mês a mês,  empurrar com a barriga uma situação insustentável. Um dos piores momentos de toda essa tragédia financeira é quando se constata que as dívidas se tornaram muito maiores do que o dinheiro que se recebe, e a renda familiar já não cobre nem um terço das despesas, pois mal o salário entra, já está inteiramente comprometido. O resultado disso tudo? O “fundo do poço”, que acontece quando se perde o crédito na praça e o nome fica sujo.

4182142047 0caecea48b Como aumentar sua renda   dicas

Você já passou por situação semelhante? Pois é… encontrar uma forma de aumentar a renda, nesses casos, se torna questão de sobrevivência, mas de que forma?

Se você já percebeu que chorar não adianta e lamentar, menos ainda, então o que lhe resta é procurar uma saída para a situação. Mas  por onde começar? Qual a melhor maneira para aumentar a renda e sair do sufoco econômico?  Vamos aqui te dar algumas dicas para encontrar o fio que faltava para desembaraçar esse emaranhado financeiro no qual você se meteu, mas antes é necessário fazer uma “faxina” em sua vida econômica e tentar limpar o que for possível. Vamos lá?

1ª Etapa: Aprenda como diminuir seus gastos.

  1. Em primeiro lugar, pegue um lápis e uma folha de papel, sente-se confortavelmente  e analise friamente a situação em que você se encontra. É hora de fazer alguns cálculos para tentar achar o ralo que está sugando as suas finanças.
  2. Escreva de um lado da folha sua renda familiar, e todo dinheiro que entra para a manutenção da casa.
  3. Anote do outro lado todas as suas despesas fixas e obrigatórias: aluguel, prestação do carro, alimentação, convênio médico, transporte, condomínio, mensalidade escolar, água, luz, telefone, etc. Anote TUDO, absolutamente tudo.
  4. Anote também, um pouco mais abaixo, suas despesas móveis: lazer, cabeleireiro, eventuais consertos na casa, festas de aniversário, supérfluos, etc.
  5. Faça as contas para determinar com exatidão qual é o seu saldo devedor mensal, e quanto seria necessário para cobrir esse rombo, porém, antes de se decidir por um trabalho extra, analise de forma muito racional:
  • Quais despesas poderiam ser reduzidas? De que forma?
  • Existe alguma maneira de reduzir os gastos com luz, água, telefone, internet, tv a cabo?
  • Não seria vantajoso mudar para uma casa menor, ou em outro bairro, a fim de reduzir o valor do aluguel ou condomínio?
  • Quanto seria possível economizar cortando restaurantes, pizzas aos finais de semana, excesso de festas, visitas e reuniões?
  • Será que cultivo hábitos que  proporcionem gastos maiores, como saídas com amigos para bares todos os finais de semana, ir para o trabalho de carro todos os dias, compras de jornais diários, etc?

Perceba que, muitas vezes, a simples decisão de cortar gastos e racionalizar as despesas já pode te dar uma grande folga mensal. Por isso é absolutamente necessário, antes de qualquer coisa, fazer esta análise, pois através dela já vai dar para perceber para qual setor o dinheiro está escapando mais depressa.

3840452595 9972190ec6 Como aumentar sua renda   dicas

Reduzidas as despesas, chegou o momento de escolher alguma atividade que possa gerar uma renda a mais.

2ª Etapa: Como escolher um trabalho extra para aumentar sua renda.

Analise sua real aptidão e suas disponibilidades:

  • O que você gosta de fazer?
  • Quais são suas habilidades?
  • Quais horários você tem disponível?

Diante destas respostas há um leque imenso de opções, veja só:

  • Se você tem os finais de semana livres: pode tentar trabalhar em eventos. Existem agências especializadas na contratação de recepcionistas, garçons e garçonetes, buffets, ajudante de cozinha, etc. Uma outra opção muito interessante, se você for uma pessoa que gosta de ouvir e ajudar, é cuidar de idosos nos finais de semana, mas para isso seria interessante investir em algum curso, a não ser que você já trabalhe na área da saúde.
  • Se você for uma pessoa comunicativa pode tentar área de vendas de cosméticos, bijuterias, roupas, lingeries, alimentos, etc.
  • Se tiver dotes artísticos:  pode tentar fazer peças de artesanato.
  • Se gostar de cozinhar: tente vender doces e salgados. Existem pessoas que tiram uma boa quantia no final do mês. Chocolates, trufas e bolos podem gerar pequenas fortunas se vendidos nos lugares certos.

Mas lembre-se que:

  • Para atingir o sucesso é obrigatório que você faça apenas o que te dá prazer. De nada adianta trabalhar em eventos infantis se odiar crianças, ou entrar para o ramo de vendas se morrer de vergonha de oferecer seu produto ou cobrar algum caloteiro.
  • Atitude, determinação, garra e mudanças são os passos necessários para conseguir driblar as dificuldades econômicas, aumentar a renda e alcançar o equilíbrio financeiro.

Pode não ser fácil, mas os resultados com certeza virão. Boa sorte!

1 reply to this post