Como bordar ponto cheio passo a passo


p1

Saber fazer um simples alinhavo e ter paciência para trabalhos delicados são os requisitos básicos para se aprender a fazer o bordado ponto cheio. Não precisa muita coisa além disso.Como o próprio nome sugere, ponto cheio significa preencher uma região com vários pontos regulares. É como se fizesse vários pontos de alinhavo (reto) um ao lado do outro até cobrir todo o desenho ou parte dele, como a pétala de uma flor, por exemplo.

2 F550x45012 Como bordar ponto cheio passo a passoMarysol/Flickr

Qualquer linha pode ser usada para executar esse bordado, porém quanto mais fina ela for, mais tempo demorará para cobrir a área. É só imaginar um mesmo bordado feito com uma linha espessa como a Anne, da Círculo, e feito com um fio de meada de ponto cruz para perceber o quanto a espessura da linha faz a diferença.
Quanto ao tecido, assim como a linha, qualquer tecido pode ser bordado, porém os de tramas mais definidas e os que possuem algodão são mais fáceis de bordar. Para perceber o quanto o tecido pode facilitar o trabalho, é só pegar um retalho de tecido de pano de prato ou cânhamo e outro retalho de tecido sintético, como seda, e fazer alguns pontos de alinhavo. Os sintéticos têm as tramas muito próximas e a agulha encontra mais resistência para perfurá-lo. Enquanto que o tecido de algodão têm menos fio por centímetro quadrado e fica bem mais fácil de bordar.
Esclarecido quais linhas e tecidos são melhores para executar o bordado ponto cheio é hora de começar a bordar. Confira o passo a passo de como bordar e renove seu enxoval, dê presentes mais originais ou faça para vender e garantir uma renda extra.

1 F550x45013 Como bordar ponto cheio passo a passoMarysol/Flickr

Como bordar ponto cheio passo a passo

Materiais:

  • 1 pedaço de tecido;
  • 1 desenho simples (se for iniciante) como uma flor de poucas pétalas;
  • 1 carbono amarelo (de costura), que pode ser encontrado em papelarias;
  • Caneta ou lápis;
  • Linhas de bordar vagonite ou retalhos de linhas de crochê, como Anne e Cleia, ambas da Círculo;
  • Bastidor (opcional);
  • Agulha de bordar compatível para a espessura do fio escolhido

Como fazer:

  1. Transfira o desenho para o tecido com auxílio do carbono e caneta ou lápis. Faça todos os detalhes do miolo e das pétalas;
  2. Coloque o tecido no bastidor. O bastidor facilita o trabalho porque deixa o pano bem esticado, mas muitos artesãos preferem bordar sem, por isso convém o iniciante experimentar as duas formas para saber qual prefere;
  3. Comece pelo centro, no caso o miolo da flor. Coloque aproximadamente 30 cm de linha na agulha, introduza a agulha do avesso para o direito deixando uma ponta de 5 cm para o avesso pra arrematar posteriormente. O artesão pode trabalhar a linha dupla ou com um fio. A vantagem de trabalhar com fio duplo é que o trabalho rende mais e a vantagem de trabalhar com um só fio, é que o bordado fica mais bonito, os pontos ficam mais organizados e o trabalho mais sofisticado;
  4. Faça todos os pontos do mesmo tamanho, justo na mesma medida, um ao lado do outro, seguidamente até preencher o miolo;
  5. Proceda da mesma forma para preencher cada pétala. Se preferir, faça contornos com linha marron escuro ou preta, assim como detalhes externos, como borboletas, chão, grama, etc.

Boa sorte!

(Imagem destaque: Gonmi/Flickr)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !

1 reply to this post