Como contratar um detetive particular


4092184039_acc9e496f2

Na literatura e no cinema, a figura do detetive sempre foi muito utilizada pelos escritores em histórias de suspense e terror. O detetive Hércule Poirot, por exemplo, é um dos personagens mais conhecidos de todos os tempos, por sua sagacidade e inteligência em solucionar os assassinatos contidos nos romances da lendária escritora britânica Agatha Christie.

Na vida real, os detetives são profissionais discretos e costumam ser contratados para solucionar casos de traição conjugal e assassinatos arquitetados, guiando-se sempre pelas informações e pedidos de seus clientes. Um detetive chega a faturar até R$ 2.000,00 por investigação, de acordo com a dificuldade e periculosidade que a mesma apresentar.

58513830 e2e5c269e7 Como contratar um detetive particularClinton Steeds/Flickr

Como contratar um Detetive Particular

São vários os motivos que levam alguém a procurar um detetive particular, que tem a função de trazer respostas de acordo com as dúvidas de seus clientes. Traições no casamento, roubos organizacionais e mortes encomendadas. É o detetive quem precisa descobrir os responsáveis destes e de tantos outros eventos que causam indagações e revolta nas pessoas.

A partir do momento em que é incumbido de uma missão, o detetive tem um prazo determinado para trazer sólidas provas aos seus clientes, quer seja por meio de fotografias, filmagens ou gravações de áudio. Quem atua nesta área, precisa estar ciente dos riscos e das ameaças que poderão surgir durante o trabalho, já que muitas vezes o detetive é descoberto justamente pela parte investigada.

Se você tomou a decisão de contratar um detetive particular na esperança de ter suas dúvidas esclarecidas sobre alguém que pode estar envolvido em ações ilícitas, confira as dicas a seguir e saiba como fazer para solicitar este tipo de serviço.

5330972736 1792385a25 Como contratar um detetive particularpasukaru76/Flickr

Dicas

  • Indicações – Se você não conhece um escritório de investigações pessoais ou um detetive particular, peça a indicação de algum conhecido com a desculpa de “pesquisar sobre a profissão” para trabalhos escolares ou diga que é para um amigo ou parente (caso queira agir discretamente). Se ninguém puder lhe dar referências, faça buscas na internet ou tente encontrar este tipo de profissional através da lista telefônica.
  • Pesquisas – Após optar por um detetive em particular, faça pesquisas sobre a procedência de seus trabalhos e tenha total certeza de que se trata de um profissional que age conforme a legalidade. Antes de expor-se em uma situação tão impactante, certifique-se de sua segurança e discrição.
  • Ritmo de Investigação – Ao solicitar este tipo de serviço, seja claro quanto às respostas que você precisa por parte do detetive. Transmita a ele as informações básicas da pessoa que será investigada, como nome e local de trabalho e determine um prazo para a conclusão da investigação. Muitos detetives cobram por hora de trabalho e, caso você não esteja à par desta condição, poderá desembolsar uma quantia considerável ao fim do processo.
  • Provas – Exija que o detetive lhe apresente provas ao concluir a investigação, mesmo que nada de ilícito seja registrado. Peça ao profissional que faça um relatório diário do investigado, fotografando todos os passos dele; sua movimentação e as pessoas com as quais mantêm contato. Através destas informações, você mesmo poderá solucionar o caso se já possuir desconfianças e intuições negativas sobre alguém. É importante solicitar este material do detetive, que precisa mapear o dia-a-dia da pessoa alvo de suas dúvidas.

3692027451 5d84affbd8 Como contratar um detetive particulartzone636/Flickr

  • Sigilo – Detetives devem ser sigilosos e oferecer esta condição aos seus clientes também. Tenha especial cuidado ao contratar um detetive e assegure sua integridade durante todo o processo de investigação. Afinal, não se sabe como a parte investigada poderá agir ao saber que está sob constante observância.

Lembre-se de que, ao contratar um detetive, você não estará apenas buscando provas para suas desconfianças, e sim, estará entrando em um processo que envolverá sua intimidade e a vida de outras pessoas, diretamente. Portanto, confie esta função a um profissional e estabeleça suas condições de pagamento de acordo com o serviço solicitado.

Boa Sorte!

 (Imagem Destaque: The U.S. Army/Flickr)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !