Como cuidar da voz


2082431790_de61f5ac5a

Cuidar da saúde da voz é uma necessidade para vários profissionais que a utilizam na comunicação, no ensinamento ou para o canto. A voz é uma ferramenta fundamental que possibilita o entendimento e a troca de informações entre os seres humanos, que são incapazes de sobrevivem totalmente sozinhos.

Problemas de saúde, excessos vocais ou o consumo de certas substâncias podem prejudicar a qualidade da voz ou cessá-la totalmente, deixando o indivíduo rouco ou sem voz alguma. Desta forma, assim como a saúde funcional, a saúde da voz deve ser preservada e atendida com prioridade não somente para os profissionais dependentes dela, mas para todas as pessoas que utilizam-a em seu dia-a-dia.

Conheça agora algumas atitudes e técnicas específicas para o tratamento e o cuidado da voz de forma contínua e saudável.

Como cuidar da Voz

Professores, atendentes de telemarketing, cantores, radialistas e apresentadores de TV usam a voz como principal ferramenta de trabalho em função do ensinamento, atendimento e entretenimento do público relacionado à suas áreas de atuação.

Para um entendimento bem prático da necessidade dos cuidados com a voz vamos compará-la à utilização de um automóvel. Depois de várias semanas e meses em atividade, o carro sempre apresenta algum problema e, para que continue desempenhando suas funções com eficiência e funcionalidade o proprietário deverá que levá-lo até uma assistência mecânica que encontrará e reparará as imperfeições do veículo. Com a voz é a mesma coisa: A utilização em excesso das cordas vocais podem apresentar falhas e impossibilitar o indivíduo de expressar-se corretamente.

365479434 8de776e863 Como cuidar da voz markjsebastian/Flickr

Neste caso, o profissional ideal para sanar os problemas vocais é o fonoaudiólogo, especializado na saúde e no tratamento da voz. Em casos de perda parcial ou total da voz, será este o profissional responsável por receitar os medicamentos e métodos corretos visando à saúde e regressão natural da capacidade vocal.

Para cuidar da voz não é necessário esperar os problemas surgirem. Todos podem intervir e evitar tais situações, com práticas simples e possíveis de execução a qualquer pessoa. Veja as dicas para que sua voz não fique comprometida e você não sofra em seu trabalho ou vida pessoal pela falta ou ineficiência dela.

Dicas

  1. 1. Beba muita água. A hidratação é fundamental e é o principal fortalecimento das cordas vocais. Prefira líquidos em temperatura ambiente e tome água ao logo de todo o dia, em pequenas e graduais proporções. Um adulto deve ingerir, no mínimo, quatro litros de água ao dia em função de sua saúde funcional e na prevenção de doenças provenientes da desidratação.
  2. 2. Inclua em suas refeições o hábito de se alimentar à base de frutas e legumes e não fique mais três horas sem comer ou beber água evitando o ressecamento das cordas vocais. A maçã, além de saborosa, é limpadora natural das cordas vocais, ajudando a eliminar desconfortos e dores da garganta. Evite tabaco e consumo abusivo de álcool.
  3. 3. Evite excessos de voz. Alterar o tom de voz através de gritos funciona como uma agressão inconsciente à voz, desgastando-a pouco a pouco. Professores podem solicitar a direção do colégio à utilização de microfones como método preventivo de cuidar das cordas vocais, já que muitos precisam falar, ao mesmo tempo, com dezenas de alunos superando a balbúrdia em sala de aula junta os barulhos externos.
  4. 4. Faça gargarejos. Antes de dormir e após acordar aqueça uma quantidade pequena de água com uma pitada de sal e faça gargarejos ao menos uma vez ao dia. Esta técnica é válida, pois o sal misturado com a água é capaz de hidratar a garganta e aliviar as sensações de incômodo e irritações. Não engula o gargarejo.
  5. 5. Cuidados com a respiração. Mantenha-se em postura ereta na maior parte do tempo, faça exercícios com os ombros para relaxar a musculatura próxima as articulações do pescoço e respire profundamente, aumentando sua capacidade pulmonar em vista da qualidade vocal. Respire contando até cinco pelas narinas e segure o ar por cinco segundos. Depois, vá soltando-o lentamente pela boa, contando até cinco. Repita este exercício algumas vezes durante o dia para melhorar sua voz e seu fôlego durante a fala.

Viu só como é fácil cuidar da qualidade da voz? Através da prática contínua destas dicas você conseguirá manter sua constância vocal, evitando problemas advindos da desidratação e da exaustão na garganta e nas cordas vocais, como a rouquidão ou a perda parcial da fala. Boa Sorte!

138953375 53497956c8 Como cuidar da vozmahalie/Flickr

(imagem destaque:orangeacid/ Flickr)