Como cuidar de uma aechmea fasciata (Bromélia)


p1

Muito utilizadas na decoração, as Bromélias, nome cientifico aechmea fasciata, são também conhecidas como Vaso-prateado, Aequimea e Bromélia-aequimea. Pertencem à família das Bromeliaceae, se adapatam ao clima tropical e possuem um ciclo de vida perene.

As Bromélias são comumente encontradas à venda em floriculturas, acondicionadas em vasos. Com folhagem rígida e espinhos nas pontas, a planta apresenta detalhes em escamas, principalmente quando mais jovens. A sua inflorescência é formada por brácteas normalmente de coloração rosada, repletas de espinhos nas bordas, com formação de flores bastante delicadas. Após a floração, a planta apresenta pequenos brotos laterais e, em seguida, morre. Neste período deve ser levada para jardins externos, frescos e úmidos, à meia sombra.

2 F550x4502 Como cuidar de uma aechmea fasciata (Bromélia)

Via Flickr

As espécies mais adequadas para decoração de interiores são as de folhas macias, esverdeadas e lisas, muito sensíveis à luz solar direta. Para os jardins externos e varandas, as mais indicadas são as de coloração cinzenta ou avermelhada, com folhas mais resistentes.

As Bromélias têm poucos problemas com insetos ou pragas, pois são bastante resistentes. Mesmo com poucos cuidados, a planta pode sobreviver por um longo período. Porém, se deseja manter um belo jardim ou vaso com Bromélias, conheça mais detalhes de como cuidar desta bela planta:

Como cuidar de Bromélias

  • As Bromélias devem ser cultivadas em substratos, como casca de côco, e devem ser colocadas sempre à meia sombra, com luz solar filtrada ou indireta, pois o contato direto com a luz do sol pode queimar as folhas de certas espécies;
  • A multiplicação desta planta acontece através da separação de mudas laterais, quando estas atingem um tamanho próximo ao da planta mãe;
  • O solo deve ser mantido úmido, com regas periódicas, porém sem exageros. As raízes da planta não podem ficar submersas. Caso a água permanecer sobre as folhas mais baixas, comumente conhecidas como ‘tanque’, troque-a periodicamente, evitando assim que esta parte da planta apodreça;
  • As Bromélias toleram altas temperaturas, porém o ambiente ideal deve oscilar entre 13ºC e 29ºC. As temperaturas amenas, entretanto, ajudam a realçar a cor da planta, além de prolongar a vida de suas flores. A circulação do ar deve ser boa para o perfeito desenvolvimento da Bromélia;
3 F550x4502 Como cuidar de uma aechmea fasciata (Bromélia)

Via Flickr

  • Não é necessária a preocupação com adubação da planta. Apenas o uso periódico de fertilizante à base de água é o suficiente para manter a planta saudável e bonita;
  • As Bromélias florescem apenas uma vez na vida, porem podem produzir uma nova planta na base, que são as “brotações”. Para que uma nova planta cresça, replante-a e siga os mesmos cuidados quanto à iluminação, temperatura e umidade. As Bromélias com florescimento de maior duração poderão manter o processo por até 3 meses;
  • Evite a utilização de regadores confeccionados em metal, pois este tipo de material pode ser toxico para a maioria das plantas, incluindo as Bromélias;
  • Pela sua estrutura natural, a Bromélia pode armazenar água em seu interior, o que a torna uma das plantas mais fiscalizadas pelos agentes de saúde, quando o assunto é criadouros de mosquitos da dengue. Por isto verifique regularmente estas condições e retire a água parada que por ventura estiver armazenada na planta.

Boa sorte!

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !