Como cultivar pimenta


Shutterstock_84443431

Há pouco a pimenta passou a ser classificada como alimento funcional, ou seja, suas características preservam e promovem a saúde. Pois, além de seu sabor que coleciona fãs pelo mundo, ainda possui vitaminas A, E e C, ácido fólico, zinco e potássio. Isso tudo tomando conta e cuidando do nosso DNA celular e com propriedades antioxidantes. Existem inúmeras espécies de pimentas, umas mais picantes outras menos, mas todas muito saborosas. As mais conhecidas e consumidas são: Malagueta, Pimenta-bode, Pimenta-de-cheiro, Cumari, Pimenta Biquinho, Murupi, Jalapeño, Dedo de Moça e Cambuci. Apesar de tamanha variedade, todas elas possuem a forma de plantio muito aproximadas. E é isso que iremos ensinar agora, Anote cada dica e em pouco tempo terá pimentas para colher e saborear.

mckaysavage Como cultivar pimentamckaysavage / Flickr

Fazendo as mudas

  • Nas regiões quentes o transplantio pode ser feita em qualquer época do ano, desde que seja bem irrigado em épocas de seca e muito calor.
  • Caso a região seja fria, transplante no verão.
  • Conte que para cada 1 hectare é necessário 300 gramas de pimenta.
  • Faça covas com a distância de no mínimo 5 cm e profundidade grande de 50 a 60 cm.
  • Espere a geminação de 15 a 20 dias. E devem ser mudadas quando já tiverem de 4 a 6 folhas em seu caule, o que será de 50 a 60 dias depois do dia da semeadura.

Transplantando as mudas

  • Utilize copos plásticos usados, daqueles de 200 ml. Especialistas em plantio de pimenta confirmam que as mudas apresentam muito mais força quando transplantadas para o solo.
  • Quando preencher os copos não use terra, use substrato comercial, encontrado em qualquer casa especializada em plantas.
  • Se deseja fazer seu próprio substrato, anote a lista: um mistura de composto orgânico misturado com casca de arroz carbonizada. Atente-se para que esteja úmido.

Colocando em vasos

6098701385 f0afc94a67 z Como cultivar pimentawww.metaphoricalplatypus.com / Flickr

É claro que as mudas são colocadas em copos ou recipientes plásticos se você deseja o cultivo em vasos depois, ou para hortas suspensas. Do contrário pode deixá-las crescendo no próprio solo plantado primeiramente.

  • O solo que vai ao vaso deve ser bem fértil, leve e drenado.
  • Deve-se regar 3 vezes na semana.
  • Cuidado no momento de colocar a muda, não machuque a raiz.
  • Evite adubo químico, use compostagem. 
  • O vaso deve ser profundo de no mínimo 30 a 40 centímetros.
  • Ao nascerem, todas as pimentas são verdes. Com o tempo e maturação que vão quedando a sua cor predominante.
  • Se for plantar mais de uma muda no mesmo vaso, respeite o espaço de no mínimo 5 cm entre cada uma.
  • Fique esperto, pois se plantar tipos diferentes de pimenta no mesmo vaso pode ocorrer a polinização cruzada. Mudando assim as características das mesmas.

Consumo

A pimenta é usada de formas diversas:

  • In natura;
  • Conservas, compotas e geleias;
  • Flocos, para o uso em pizzas, por exemplo;
  • Molhos;
  • Spray, para defesa pessoal;
  • Inseticidas;
  • Corantes;
  • Decoração.

Dicas

800px Mature Chile de arbol peppers Como cultivar pimentaWikimedia Commons

  • Se comprar mudas já preparadas para o cultivo, saiba se são direcionadas para decoração. Se sim, não consuma a pimenta, pois elas estarão repletas de agrotóxicos.
  • Evite plantar em áreas de alagamento ou com excesso de irrigação, pois é mais certeza de sua pimenta desenvolver alguma doença.
  • A poda deve ser feita depois de cada frutificação.

Agora que sabe como plantar a pimenta, escolha a que mais te apetece, arregace as mangas, junte seu material e mãos à obra! Em pouco tempo fora terá sua primeira colheita e já poderá pensar em qual prato usá-la. Que delícia!

Imagem destacada: Shutterstock

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !

6 replies to this post