Como dar entrada no seguro DPVAT


6576301619_34dcd4c045

O seguro DPVAT é pago a todos àqueles que foram vítimas de acidentes no trânsito, seja ele leve, grave ou fatal.

Este tipo de seguro não analisa as causas dos acidentes e não privilegia culpado ou vítima. Ele cobre a integridade física dos cidadãos, indenizando-os com valores condizentes às despesas médicas ou em decorrência de casos mais críticos, como a invalidez ou a morte.

Para dar entrada no seguro DPVAT a vítima ou alguém de sua família deve entrar em contato com qualquer seguradora associada ao benefício munindo os dados necessários ao requerimento. Veja a seguir os procedimentos necessários e quais os documentos precisarão ser apresentados em função da indenização às vítimas de acidentes no trânsito.

8249381685 af9bc1960a1 Como dar entrada no seguro DPVATGobierno Municipal de Piñas/Flickr

 

Como dar entrada no seguro DPVAT

A sigla DPVAT é traduzida como “Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres” sendo este um seguro que visa indenizar todos aqueles que foram vítimas de acidentes no trânsito independente da situação ou parcela de culpa.

Criado para proteger a integridade física dos cidadãos, o DPVAT é utilizado no auxílio às vítimas de qualquer acidente ocorrido no trânsito com relação aos cuidados médicos, físicos e psicológicos que tal evento desencadeia na vida de qualquer ser humano. Desta forma, o seguro é destinado apenas para cobrir danos pessoais e não materiais, como perda de veículos ou colisões em construções, por exemplo.

Outro dado importante sobre o DPVAT é que o mesmo só presta assistência aos acidentes ocorridos em território nacional. As indenizações ocorrem de três formas:

  • Despesas Médicas;
  • Invalidez Permanente;
  • Morte;

Para saber os valores de cada uma destas situações visite o site do DPVAT e saiba mais sobre o assunto.

A vítima tem prazo de três anos para dar entrada no seguro, que pode ser requirido por ela mesma ou por algum de seus familiares desde que apresentem documentos necessários em uma seguradora associada. Para descobrir os postos de atendimento de sua região, visite o site do DPVAT e realize a pesquisa em poucos segundos.

Lista de Documentação Necessária

  • Documento pessoal da vítima: RG, CPF, Certidão de Nascimento, Casamento ou CNH (Original e cópia autenticada);
  • Comprovante de endereço (Original e cópia autenticada);
  • Boletim de Ocorrência (Original e cópia autenticada);
  • Laudo médico atestando as lesões físicas ou psíquicas oriundas do acidente (Original e cópia autenticada);
  • Atestado de óbito da vítima (Original e cópia autenticada).

4109456139 cf85aeb8d22 Como dar entrada no seguro DPVATtalcahuanofotos/Flickr

Com os documentos em mãos, a vítima ou familiar deverá comparecer em um dos postos credenciados mais próximos de sua residência, solicitar a entrada no seguro e aguardar resposta posterior. A lista com o nome e endereço das seguradoras bem como os postos de atendimento poderá ser consultada livremente no site DPVAT..

Importante: Vale lembrar que o DPVAT é de cumprimento obrigatório em função da Lei 6.194/74 que determina o pagamento do seguro a todos os proprietários de veículos automotores.

Além de solicitar o seguro, você poderá acompanhar seu pedido através da internet. Em casos de acidentes no trânsito, solicite o DPVAT em um posto credenciado e assegure os seus direitos como cidadão.

Boa Sorte!

(Imagem Destaque: Fundação Matutu/Flickr)