Como deve ser um namoro evangélico


medium_3043119606

Namorar para verdadeiros cristãos é uma forma de glorificar a Deus em sua vida, como acontece com os trabalhos, vida familiar e etc. Entretanto, no namoro há muitos perigos que podem levar um relacionamento com Deus a ruína.

Começaremos analisando o que o apóstolo Paulo, tem a nos dizer sobre os relacionamentos.

“Mas, se não conseguem controlar-se, devem casar-se, pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo.” 1 Coríntios 7:9

O apóstolo, começa dizendo nesta epístola, que melhor seria se as pessoas permanecessem solteiras para terem toda a dedicação que a obra do Senhor necessita. Com isto, ele não deseja dizer que a vida de solteiro é superior a de casado, mas que, quando está solteiro o tempo é maior para servir a Deus. A questão aqui assinalada é a disponibilidade não há superioridade em si.

medium 31751979 Como deve ser um namoro evangélico

Via Flickr

Exatamente estas palavras ele professa dizendo:

“Gostaria de vê-los livres de preocupações. O homem que não é casado preocupa-se com as coisas do Senhor, em como agradar ao Senhor.
Mas o homem casado preocupa-se com as coisas deste mundo, em como agradar sua mulher, e está dividido. Tanto a mulher não casada como a virgem preocupam-se com as coisas do Senhor, para serem santas no corpo e no espírito. Mas a casada preocupa-se com as coisas deste mundo, em como agradar seu marido. ”
1 Coríntios 7:32-34

Para que alguns desavisados não desejassem impor uma carga aos demais que desejassem casar, ele diz:

“De modo que aquele que dá sua filha em casamento faz bem”
1 Coríntios 7:38

Então, tendo legitimado o casamento como algo bom e puro aos olhos do Senhor, vamos voltar a alguns princípios estabelecidos por Paulo:

“Mas, se não conseguem controlar-se, devem casar-se, pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo.” 1 Coríntios 7:9

Atitudes sexuais são somente permitidas no casamento.  Exatamente por isto, deseja dizer que quem não consegue controlar seu próprio corpo deve casar. Visto que, \’pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo\’. Então, em um namoro deve-se buscar a todo custo manter a castidade do casamento. Isto quer dizer que qualquer manifestação sexuais que fizer o parceiro(a) não conseguir se conter é pecado.

Devemos lembrar que \’controlar-se\’ não refere somente aos pecados praticados com o corpo. Mas, também, aqueles praticados com a mente. Desejar alguém, fora do casamento, mesmo com a mente é grave delito contra Deus.

medium 3095652924 Como deve ser um namoro evangélico

Via Flickr

Para manter o relacionamento nos moldes corretos, não podemos confiar em nossa própria integridade, visto que como a própria Escritura diz, somos seres depravados e não conseguimos  cumprir totalmente, por nós mesmos a vontade de Deus.(Romanos 3). Então, precisamos de contar com aquelas pessoas que desejam nos ajudar em nossa empreitada de continuar santos. Nada melhor do que pedir as duas famílias envolvidas que ajudem nisto. Ações como nunca permitirem que fiquem a sós por tempo suficiente para que a relação avance, costuma ser bem sucedida.

Devemos nos lembrar sempre: O namoro e o casamento não servem para nossa própria glória e felicidade, mas para que em um casamento verdadeiro, possamos louvar a Deus e, de fato, ser felizes, para gozá-lo para sempre.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !