Como diagnosticar labirintite


53576313_348a527765_o-F550x450

Cada vez mais distante de ser uma doença associada à pessoas com idade avançada, com deficiência em sua disposição mental e física, a labirintite é uma enfermidade que todas as pessoas são passíveis de apresentar, fato que é mais frequente em idosos, mas não livra os jovens e as crianças.

O que é a labirintite?

A labirintite é uma disfunção do órgão labirinto que se localiza dentro do ouvido e é responsável por manter o equilíbrio do corpo humano.

O que a labirintite provoca no organismo?

A labirintite provoca irritação, inchaço e inflamação nas áreas do ouvido interno, no labirinto, o que ocasiona a interferência no funcionamento normal do corpo, especialmente na capacidade de manter-se naturalmente equilibrado.

Quais são as causas da labirintite?

Isso dependerá de cada situação. No caso de pessoas mais jovens, que apresentam os sintomas da doença, os possíveis motivos vão desde a ocorrência de um vírus, como o da gripe, ou de bactérias presentes no ar, sendo elas capazes de invadir o canal auditivo e infeccionar o órgão labirinto.357306001 a8844395fe b F550x450 Como diagnosticar labirintite

 Qfamily/Flickr

Já em pessoas de idade mais avançada, a labirintite é ocasionada pela hipertensão, diabetes ou problemas na coluna. Entretanto, para todos os grupos etários, há fatores e comportamentos de risco, portanto, tenha cuidado com:

  • Excesso de bebida alcoólica e uso de cigarro;
  • Fadiga e sedentarismo;
  • Relato de alergia na família;
  • Histórico de doença viral, infecção respiratória ou otite;
  • Comportamento estressado;
  • Uso de remédios sem indicação médica adequada, como aspirina.

2710665019 256f726306 z F550x450 Como diagnosticar labirintite

  gabeira43/Flickr

Quais são os primeiros sintomas da doença? Como diagnosticar a labirintite?

  • Atente-se aos primeiros sinais de tontura, vertigem e de enjoo, sensação de zumbido e outros ruídos incomuns na cabeça, esgotamento físico e mental, forte desequilíbrio com pendência do corpo para um dos lados e, em último caso, perda de audição momentânea ou persistente.
  • Não ignore a incapacidade em focar os olhos em algo, sensação de descontrole e movimento involuntário dos olhos.
  • Atenção: torna-se emergencial o aparecimento de visão dupla, paralisia da face ou da fala, iminência de crise convulsiva ou persistência de vômitos seguidos de febre anormalmente alta.
  • Busque o médico otorrinolaringologista de sua confiança, caso apresente qualquer um desses sintomas, pois eles são próprios da doença labirintite.
  • Embora os sintomas iniciais da labirintite já a denunciem, é preciso o diagnóstico de um médico, apoiado nos exames complementares solicitados por ele, para confirmar ou não a presença da doença.

O que fazer quando apresentar algum desses sintomas?

  • Inicialmente, você necessitará de ajuda para se deslocar;
  • Fique parado e descanse ao sinal dos primeiros sintomas, não faça movimentos bruscos;
  • Não leia, dirija ou opere máquinas pesadas.

Há tratamento para a labirintite? Essa doença tem cura?

Geralmente, com o tratamento médico adequado, a labirintite desaparece em pouco tempo. O tratamento se dá com intervenção medicamentosa em favor da redução dos sintomas com prescrição e acompanhamento profissional.

Sempre procure seu médico de confiança. Boa sorte!

(Imagem de destaque:  hannah.rosen/Flickr)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !