Como é feita a cirurgia de varizes


72075617_7181b2f274

Atualmente, as pessoas têm se preocupado não apenas com a manutenção de sua beleza e de cuidados estéticos, mas da conservação de seu bem-estar e saúde. Nesse contexto, o aparecimento das varizes é motivo de incomodo para esses dois fatores, tanto para a parte estética, como para a parte saudável. Mas, o que são as varizes, como posso identificá-las?

Tecnicamente, as varizes são pequenas veias dilatadas e de aspecto irregular que surgem na parte superficial da pele, geralmente na região das pernas, pés e coxas. O aparecimento de varizes tem significativa relação com o fator hereditário, que atinge a composição genética das paredes venosas, tornando algumas pessoas desde que nasceram mais propícias ao acometimento das varizes. Nesse caso, desde os movimentos de ficar em pé ou sentado por muito tempo, à obesidade ou gravidez já constituem fatores de risco para aparecimento da doença varicosa. Entretanto, não só filhos de pais com varizes provavelmente as terão, mas particularmente as mulheres estão mais suscetíveis às varizes, devido à atuação de hormônios que lhe são específicos; conforme acusam especialistas.

800px Brusing 5 days after operation Como é feita a cirurgia de varizesLakeland1999/Wikimedia Commons

Em alguns casos, as varizes não apenas incomodam pelo seu aspecto nada bonito, uma vez que quando o varicoso está na posição em pé, as veias se dilatam mais e se tornam mais visíveis. São azuladas e, por vezes, agrupadas em finos vasos avermelhados na pele, dando-lhe um aspecto ruim. Algumas são assintomáticas, mas outras causam sensação de queimação nas pernas, inchaço nos tornozelos no fim do dia, coceira, fadiga, sensação de peso e câimbras nas pernas. As varizes podem ainda evoluir para enfermidades mais graves provenientes de uma insuficiência venosa crônica: eczemas, úlcera varicosa, tromboflebite e a embolia pulmonar.

Há três tipos de varizes: as micro varizes, as de médio calibre e as varizes de grosso calibre. Para cada uma delas, a um tratamento direcionado. Para diagnosticá-las, às vezes basta uma análise visual e uma visita ao médico de sua confiança. É o especialista que identificará o grau de comprometimento dessas veias e se as veias safenas estão a salvo. Realiza-se também o exame de ultrassonografia venosa que consiste me mapear todas as regiões varicosas da pele.

Mas como tratar das varizes?

  • Dependo do tipo e da intensidade das varizes, o tratamento se dá de modo clínico, com a manipulação de remédios via oral e uso das meias elásticas;
  • Há também, para a eliminação das varizes menores, a aplicação das injeções esclerosantes e do tratamento por laser transdérmico;
  • Já para as varizes de calibre maior, o indicado é a opção pela cirurgia convencional e com laser, a chamada endolaser.

800px Sala de Cirurgia Hospital de Estância1 Como é feita a cirurgia de varizesE-Sergipe/Wikimedia Commons

A cirurgia figura entre os tratamentos de varizes mais eficazes. Saiba mais sobre como é feita essa intervenção:

  • Cirurgia convencional: Usam-se micro agulhas na remoção das varizes indesejadas e o período de recuperação do paciente dura três dias.
  • Cirurgia a laser: É o tipo mais indicado para o tratamento das veias safenas. Aqui, não se retira as varizes, logo o tempo de recuperação é menor do que o primeiro método. No caso da necessidade de removê-las, faz-se uma incisão de três centímetros na área da virilha e de um centímetro no pé, depois o corte é fechado com pontos internos e de fácil cicatrização.

Atenção: A cirurgia para o tratamento das varizes é somente realizada pelo médico especialista e em ambiente hospitalar, seu pós-operatório é fundamental em todo o processo. No mais, bom trabalho e boa sorte!

(Imagem Destaque:  Alexandre Van de Sande/Flickr)