Como é feito o exame admissional


7179523159_1ae69911da

Ao ser selecionado em uma entrevista de emprego, o indivíduo é orientado sequencialmente sobre a realização do exame admissional, uma etapa obrigatória e de grande importância a todas as empresas durante a contratação de novos funcionários.

Para tanto, o candidato selecionado deverá se submeter a exames clínicos e avaliações físicas de acordo com o cargo e as atividades as quais terá que executar diariamente. Em profissões onde é necessário o deslocamento de áreas constantes e que exigem força física (carteiros e pedreiros, por exemplo) são realizados exames específicos que atestam as reais capacidades que o indivíduo possui e poderá desenvolver na ocupação da vaga proposta.

O exame admissional

O exame admissional significa uma avaliação médica exigida antes que o candidato seja contratado por uma empresa pública ou privada. O mesmo possui o objetivo de identificar e comparar quais as condições físicas que o indivíduo possui na execução das atividades a serem realizadas, bem como o diagnóstico de doenças ou incapacidades que podem colocar em risco a saúde do candidato em seu dia-a-dia profissional.

7333044148 7d5f48ba732 Como é feito o exame admissionaltipstimes/Flickr

Trata-se da última etapa de um processo de seleção aos candidatos que concorrem a uma vaga de emprego que não influencia diretamente no resultado final dos selecionadores. O exame admissional é obrigatório e somente deve ser administrado por um especialista em medicina do trabalho. Geralmente as empresas contratam prestadoras de serviços no cumprimento desta etapa, que são os centros e segurança e medicina do trabalhistas.

Porque é importante?

Com a realização do exame admissional é possível identificar como está a saúde do candidato e quais as capacidades que o mesmo pode desenvolver de acordo com a vaga que almeja ocupar. Existem algumas profissões que necessitam de esforços físicos e habilidades especiais para serem desempenhadas, sendo esta a grande importância neste tipo de exame.

Outra função positiva do exame admissional está relacionada com a segurança do próprio candidato, já que muitas pessoas possuem limitações físicas e funcionais que não conhecem. Imagine alguém que possui problemas na coluna assumir um cargo que exige esforço físico? Isso certamente prejudicará a saúde do trabalhador e este não é objetivo das empresas que necessitam de mão-de-obra em todas as suas atividades e setores.

Em suma, o exame admissional faz o diagnóstico de limitações físicas e previne o indivíduo sobre as atividades que ele pode e não pode executar em favorecimento de sua saúde.

Como é feito o exame admissional

Na execução do exame admissional são cumpridas as seguintes etapas:

optometrist 91750 640 Como é feito o exame admissionalDavid Mark/Flickr

  • Primeiro, o candidato participa de uma entrevista com o médico do trabalho sobre a existência de doenças ou complicações funcionais em experiências profissionais anteriores. O profissional perguntará ao candidato se ele sofre de algum mal estar, principalmente no controle da pressão arterial e batimentos cardíacos;
  • Ao final da entrevista, o médico do trabalho disponibilizará ao candidato o Atestado Médico de Capacidade Funcional, caso todas as informações sejam positivas em relação a respectiva vaga. O documento deverá ser apresentado na empresa para certificar o cumprimento das exigências na prática do cargo;
  • O exame admissional não compreende a realização de testes de gravidez e exame de HIV (AIDS), pois estes são considerados práticas discriminatórias;
  • Caso seja necessário, serão executadas outras etapas durante o exame admissional, como audiometria, ergonomia e exames de coleta de sangue.

Observação: Assim como o exame admissional é necessário para atestar a entrada de funcionários em uma empresa, o exame demissional também deve ser aplicado na identificação de doenças ou debilidades físicas adquiridas no ambiente de trabalho, aos quais o profissional tem o direito de seguros e ressarcimentos.

O exame admissional é a maneira mais prática e segura de assegurar a saúde e as capacidades físicas que um candidato apresenta no cumprimento de uma vaga, repleta de exigências e especificidades. Por estes e tantos outros motivos, ele deve ser realizado para o bem da empresa e de seus funcionários.

Boa Sorte!

(Imagem Destaque: Tipes Times/Flickr)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !