Como ensinar natação a crianças


Children swimming between the boats

Não resta dúvidas a ninguém que a natação é um dos esportes mais completos que existe e, que aprender a se locomover na água, além de útil e prazeroso, também faz um bem enorme para a saúde. Mas uma pergunta persiste: Se a natação faz tão bem a saúde, por que existem ainda pessoas traumatizadas e com tanto medo de água?

Isto acontece porque há alguns anos atrás, infelizmente, as pessoas não tinham consciência da grande importância da natação para o desenvolvimento humano e, devido a essa mentalidade, aprender a nadar, para uma criança, era quase um exercício militar: braçadas e mais braçadas, pernadas e mais pernadas – isso quando não eram empurradas na água para que aprendessem “na marra”, gerando traumas irreversíveis.

nataçao5 300x199 Como ensinar natação a crianças

Via Flickr

Mas hoje tudo mudou e a principal preocupação é fazer com que a criança aprenda a se locomover na água de forma lúdica, tornando a adaptação no meio áqático algo prazeroso e recreativo. Se você tem crianças em casa ou é professor de natação e gostaria de saber como ajudá-las neste processo, acompanhe nossas dicas:

Como ensinar uma criança a nadar

  1. A piscina deve ter uma parte rasa, onde a criança consiga ficar de pé;
  2. Faça a criança se sentar na borda da piscina com os pés na água, começando a bater os pés lentamente e depois rapidamente, a jogar água no corpo, molhar o rosto e a cabeça e, por fim, jogar água em si próprio. Sempre aos poucos, com o objetivo da criança se familiarizar com a água;
  3. Peça a ela que fique em pé dentro da piscina e caminhe por ela de ponta a ponta. Quando perceber que a criança está perfeitamente segura e familiarizada, comece com as brincadeiras e exercícios;
  4. Espalhe brinquedos – bolas, bonecos, cordas e flutuadores – por todo o deck e dentro da piscina, inclusive brinquedos mais pesados e coloridos, para que afundem (na parte rasa, obviamente);
    nataçao3 Como ensinar natação a crianças

    Via Flickr

  5. Estimule para que a criança pule na piscina promovendo jogos:
    Quem consegue pegar a bola primeiro?
    Quem consegue agarrar primeiro na corda?
    Quem consegue achar o objeto perdido no fundo?
    Quem consegue andar de costas pela piscina?
    Com flutuadores: quem consegue atravessar a piscina até o outro lado?
    É importante fazer com que a criança se sinta bem e muito à vontade e que não tenha medo de molhar o rosto.
  6. Faça a brincadeira do sapo – pulando como sapo, ao mesmo tempo que “rema” com os braços para trás, a criança deve atravessar toda a piscina assim – este exercício é importante para que a criança aprenda a ficar em pé na água quando estiver flutuando;
  7. Comece com os exercícios de respiração, ensinando a criança a encher o pulmão com a boca e soltar o ar pelo nariz. Mais tarde a criança afunda a cabeça na água e, com esse tipo de respiração, ela faz  “bolinhas”;
  8. Na próxima etapa, ensine a criança a flutuar, mostrando a ela a importância do relaxamento na água – se houver necessidade use flutuadores;
    nataçao2 Como ensinar natação a crianças

    Via Flickr

  9. Incentive, para que ela flutue de barriga para baixo soltando bolinhas: a princípio segurando a bordas e depois soltando, tentando ficar em pé a seguir – flexionando as pernas e remando com os braços – relembrando a brincadeira do sapo – se a criança se sentir insegura comece segurando seus braços, até que ela seja capaz de fazer tudo sozinha;
  10. Assim que a criança conseguir flutuar sozinha, comece com os exercícios de relaxamento e respiração – inspire / prenda o ar/ afunde / solte o ar pelo nariz / flutue;
  11. Quando ela estiver bem solta no exercício de flutuação em decúbito ventral, ensine a maneira correta de bater os pés – primeiramente segurando a borda da piscina até conseguir se soltar com o rosto dentro da água, começando a se locomover na piscina.
  12. Após essa fase introduza os exercícios com a pranchinha, ensinando a respiração lateral e posteriormente a maneira correta de bater os braços.

Dicas:

  • Tenha muita paciência e jamais obrigue a criança a fazer algo que não esteja preparada;
  • Nunca a critique de maneira hostil e se houver necessidade de correção, o faça sempre de forma carinhosa;
  • Nunca jogue água no seu rosto ou afunde a cabeça de uma criança na água;
  • Quanto antes a criança começar a ter contato com a água, mais rápido aprenderá.
    nataçao Como ensinar natação a crianças

    Via Flickr

Permita que esta seja uma oportunidade para estreitar seus laços com seu filho, e, se for professor, contribua para que o momento seja de alegria e prazer, e não uma tortura e stress, gerando um trauma que a criança dificilmente poderá superar.

Boa sorte!

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !