Como escolher a sapatilha de ponta


4882377464_6883efe507

Rodopios, saltos e piruetas. Movimentos leves e delicados, repletos de emoção e sentimentos! Uma bailarina habita nos sonhos de qualquer menina, desde a mais tenra idade. É uma mistura de fada, princesa frágil e apaixonada, e borboleta. Seu corpo parece não pesar, tamanha é a suavidade com que desliza ao som de músicas suaves, e é levantada no alto pelo parceiro que mais parece um príncipe encantado.

gostosa6 500x250 Como escolher a sapatilha de ponta

Mas, o que pouca gente sabe é que até chegar a um palco, é preciso muito treino. Ao se apresentar, a bailarina deve mostrar um maravilhoso sorriso, como se todos aqueles movimentos fossem a coisa mais natural do mundo, e isso custa muito esforço. Os bailarinos são atletas que buscam constantemente a perfeição dos movimentos e do equilíbrio. Os treinos são exaustivos e intensos, e há todo um trabalho de preparação física  para, não só atingir a técnica, mas para evitar qualquer lesão.3499136157 ee7a612e43 1 Como escolher a sapatilha de pontaPor isso os equipamentos e materiais usados para praticar essa arte  devem ser  escolhidos com muito cuidado. Um exemplo são as sapatilhas de ponta. O momento de usá-las é o mais esperado pelas alunas, mas o processo de adaptação é muito longo e dolorido. Imaginem quanto preparo uma bailarina deve ter pra ficar dançando em ponta de pé por tanto tempo?ballerina banner R Como escolher a sapatilha de pontaUma sapatilha não ajustada ou usada da forma errada pode causar sérias lesões nos pés e tornozelos, muitas vezes irreversíveis. Por isso, muito cuidado ao escolher sapatilhas de ponta, lembrando que todas elas são feitas à mão.

Confira aqui as dicas:4705265217 3ba121ef39 b 600x250 Como escolher a sapatilha de ponta1. O fabricante deve oferecer variedade de tamanhos e números, levando em conta o “meio”. Por exemplo, há pessoas que calçam entre um número e outro: 36 e meio, 37 e meio, etc.

2. A palmilha deve ter variações no grau de dureza, de acordo com o peito do pé, peso, força e técnica da bailarina. Quanto maior o peito do pé, mais dura será a palmilha. Quanto menor, mais macia. Da mesma forma com técnica e peso.

3. Defina o tipo de pé da bailarina. Para isso faça uma compressão com a mão nas bordas laterais do pé para verificar onde será o apoio da ponta e como o pé vai ficar ao ser comprimido. Os pés são divididos em 3 tipos e para cada formato existe um modelo de sapatilha.

  • Grego: O segundo dedo é maior que o dedão, por isso o apoio será nele.
  • Egípcio: O dedão é maior que os demais dedos.
  • Quadrado: os dois primeiros dedos são do mesmo tamanho e dividirão entre si o apoio.

4. Verifique se a sapatilha está bem ajustada. Não pode  ficar larga nem apertar. Há bailarinos que tem pés mais largos ou estreitos, Tudo isso deve ser levado em conta. E o calcanhar sempre confortável, para não fazer bolhas.

5. A ponta deve ser quadrada e angulosa para dar mais conforto. Pontas estreitas causam dor e desequilíbrio.

6. O peso da bailarina é ponto crucial. Bailarinas DEVEM SER MAGRAS, pois, ao contrário farão uma carga prejudicial aos pés.

  • Magras: sapatilha macia e palmilha macia.
  • Normais: palmilha normal ou reforçada.
  • Gordinha ou muito alta: Palmilha reforçada ou super reforçada.

Para terminar:

  • A vida útil de uma sapatilha é de 3 a 6 meses para iniciantes, 1 a 2 meses para adiantados e muitas vezes 2 semanas para profissionais.
  • Não limpe as sapatilhas com álcool ou Veja. Para mantê-las limpas coloque uma meia por cima ate o dia da apresentação.
  • Sempre que usar sua sapatilha, coloque-as depois no sol e jamais guarde-as em sacos plásticos.
  • Não deixe as ponteiras dentro das sapatilhas pois a umidade do suor fará com que amoleçam. 

Dançar é uma maravilhosa  maneira de se expressar, mas cuide da saúde de seus pés, pois sem eles é impossível praticar esta arte. Boa sorte!

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !