Como escolher o óleo do motor


mini_500_15224_1286202932330412

O óleo é o responsável pela lubrificação interna do motor do carro, e é tão importante, que pode ser comparado com o sangue que circula em nosso corpo. Muitas pessoas não dão a devida importância à troca de óleo, e acabam por perder o motor por causa de um detalhe que seria simples de resolver.flickr 2838668732 hd 600x250 Como escolher o óleo do motor

Não vale a pena arriscar! Deixar de investir em um bom óleo pode condenar seu veículo. A troca de óleo é importantíssima e deve ser levada a sério, e nem pensar em escolher o óleo mais barato que está na promoção, pois ele não vai satisfazer as necessidades de seu automóvel. No manual do carro sempre vem especificado o tipo de óleo adequado ao motor.motor 600x250 Como escolher o óleo do motor

Este é um assunto que gera muitas dúvidas, por isso vamos aqui dar algumas dicas decomo escolher corretamente o óleo do motor de seu carro. 

1. O manual do carro indica o tipo de óleo a ser usado, mas você não precisa escolher exatamente a marca indicada. Há muitas marcas e muitas opções que você também pode usar. Use o tipo indicado, mas não necessariamente a marca indicada.

2. Prefira marcas de renome, cuja qualidade já é comprovada.

3. Tome cuidado com novidades lançadas no mercado:

  • Óleo para Motor Flex: TODO óleo já informa na embalagem que serve pra gasolina, álcool e GNV. Use apenas o tipo de óleo que o manual indica. Essa história de óleo Flex é uma grande bobagem.
  • Óleo que promete economia de combustível e preservação do planeta: O consumidor acreditará na promessa e vai comprar um óleo mais fino, com menor viscosidade, que vai queimar mais e prejudicar o carro e o meio ambiente.

O que acontece é que as indústrias querem aproveitar da inocência do cliente leigo pra faturar, inventado coisas absurdas que podem prejudicar o motor do carro.

4. Conheça os 3 tipos de óleo que se diferenciam pela viscosidade e desempenho:

  • Óleo Mineral: é o mais encontrado no mercado e pode ser usado em qualquer motor, pois adapta a viscosidade conforme a temperatura de funcionamento. É o que tem menor duração.
  • Óleo Semi-sintético: Para motores com maior potencia. É multiviscoso e tem durabilidade média.
  • Óleo Sintético: Para carros esportivos e potentes. É aquele que mantém a viscosidade por mais tempo. É o de maior durabilidade e mais caro.

Em  resumo, o que você deve saber:

  • Todo óleo tem viscosidade especifica e nível de aditivação.
  • Os números significam viscosidade do produto. Quanto maior o número, maior a viscosidade. A letra W significa Winter – inverno em inglês – e são óleos próprios para temperaturas mais frias. Os outros tipos, com número maior são próprios para altas temperaturas.
  • Se seu carro for mais velho e você não souber o tipo de óleo que o fabricante recomendou, se informe com o mecânico de sua confiança.
  • O óleo certo e de boa qualidade aumenta a vida útil do motor, pois evita o atrito das diversas peças móveis do propulsor, além de atuar na eliminação de alguns resíduos. Por essa razão não descuide desse detalhe. É preferível gastar um pouco mais trocando o óleo quando necessário, do que gastar fazendo a retifica do motor.
  • Muitas vezes é necessário trocar o óleo antes do prazo previsto, principalmente se é rotina do motorista fazer trajetos curtos e pegar trânsito pesado. Aliado à má qualidade de alguns combustíveis e à falta de atenção do motorista, é muito comum o motor fundir sem nenhum aviso prévio.

Na dúvida consulte sempre um profissional de confiança!