Como fazer a dieta da proteína


mini_500_1219_1225998686224876

É o sonho de muitas pessoas perder alguns quilinhos adquiridos nas festas de final de ano, ou  por um descuido de alimentação. Mas vale salientar que qualquer dieta deve ter o acompanhamento de um nutricionista ou médico especializado. Algumas dietas podem trazer perigos a sua saúde pela falta de alguns nutrientes básicos.

A dieta da proteína consiste em ingerir bastante proteína associado à um geral corte de carboidratos. Se você está se perguntando o motivo de fazer isso, a resposta é bem simples.

Os carboidratos ingeridos vão se acumulando em algumas partes de seu corpo, como a barriga, a cintura ou as pernas, gerando as temidas gorduras localizadas. Na dieta da proteína o seu corpo irá pedir por carboidratos, e como você não estará comendo, será usada essa reserva acumulada.

Contra-indicações: Essa dieta não é indicada para pessoas com problemas de rins, no fígado, coração, gota e diabetes, gestantes e lactantes. Lembrando sempre de consultar seu nutricionista para que o regime adotado se adeque às suas necessidades nutritivas particulares.

Cardápio: O cardápio da dieta da proteína é realmente muito saboroso, confira:

No café da manhã você pode comer ovos mexidos ou fritos com bacon, presunto, salsicha sem adição de açúcar ou lombinho canadense. Para beber aposte no chá ou no café, lembrando que estes devem ser descafeinados.

Já no almoço você pode comer um cheeseburguer de bacon, lembrando que não pode ser pão doce, e ainda um pouco de salada mista. Para beber, uma água mineral.

No jantar coma um coquetel de camarão com mostarda e maionese. Verifique se a maionese que você está ingerindo realmente não contém carboidratos, se tiver menos de 1g, tudo bem, afinal geralmente não comemos mais do que duas colheres de sopa de maionese. Continuando, no jantar, pode acrescentar um bife assado, costela, peixe ou ave. Uma sala mista para acompanhar e na sobremesa uma gelatina dietética com uma colher de sopa de creme de leite.

Essa dieta é uma dieta que libera praticamente tudo como:

  • Carnes: Bifes, porco, carneiro, bacon.
  • Peixes: Atum, salmão, linguado, truta.
  • Aves: Frango, perú, pato.
  • Crustáceos: Ostras, mexilhão, mariscos, camarão, lagosta.
  • Queijos: Todos os queijos curados e frescos, de leite de vaca.
  • Verduras: Alface, escarola, rúcula, chicória, salsa, pepino, pimentas, orégano, cogumelos, azeitonas, aspargos, broto de feijão,               repolho, e mais.
  • Extras: Gelantina, patê, salsichas.
  • Bebidas: Água mineral, café e chá descafeinados, refrigerante diet.

Vale lembrar que nada em excesso faz bem. O bacon, por exemplo, tem muita gordura. Comer ele em excesso pode prejudicar a sua saúde, assim como o ovo frito. Se você não gosta de refrigerantes diet, pode trocar por sucos sem açúcar.

Boa dieta, e não esqueça de consultar o seu nutricionista.mini 500 1219 1203024144698771 500x250 Como fazer a dieta da proteína

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !