Como fazer análise SWOT


swot_dest

Na formação de uma empresa, existem diversos fatores que influenciam, positiva e negativamente, em seu sucesso ou fracasso. Para isso, existe uma análise do cenário mercadológico conhecido como SWOT (Strenghts, Weaknesses, Opportunities e Threats), ou FOFA (Forças, Oportunidade, Fraquezas e Ameaças).

analise swot Como fazer análise SWOT

Para montar um plano de negócios, é crucial que se leve em consideração três pontos principais: Levantar informações relevantes sobre o negócio a ser aberto (Análise SWOT); definir objetivos de acordo com o cenário, aproveitando possíveis oportunidades identificadas e definir uma estratégia de ação, respeitando as condições da empresa.

swot3 Como fazer análise SWOT

O sucesso de uma empresa é diretamente relacionado aos parâmetros que enfrenta suas adversidades. É o planejamento da empresa que precisa verificar como anda seu futuro. Seja o planejamento financeiro, avaliando os gastos, os investimentos; ou o planejamento de marketing ou de administração de pessoal, com contratações, cursos.

Para fazer uma análise SWOT com eficiência de uma empresa, é necessário considerar que existem dois ambientes que favorecem ou desfavorecem o crescimento da mesma. São eles o ambiente externo e o interno.

As vantagens de se fazer uma análise SWOT de uma empresa são claras: Com ela, é mais simples descobrir onde as atitudes estão dando errado, seja no comportamento interno da empresa, com clientes, ambientação e funcionários. E também prepara para opções estratégicas, como controle de riscos e identifica elementos chave para a gestão da empresa.

No cenário externo, mercadologicamente falando, uma empresa pode ser diretamente influenciada pela concorrência, pelos fornecedores, pela localização, pela clientela, pela política e tantos outros motivos que podem auxiliar ou atrapalhar seu desenvolvimento.

Estes são definidos como Oportunidades e Ameaças em sua análise SWOT (ou FOFA). O que deve ser sensível aos olhos do administrador é o diferencial de cada situação, para identificar o que pode ser oportunidade de crescimento e desenvolvimento, e o que pode surgir como ameaça. Isso vai muito do ponto de vista do administrador da empresa.

swot2 Como fazer análise SWOT

Por exemplo:

Um empresário quer abrir uma escola de idiomas. O cenário mercadológico que encontrou é o seguinte: Existem apenas duas escolas de idiomas nas proximidades do local onde ele deseja abrir a sua. Esta pode ser uma oportunidade, visto que a população daquela localidade é grande. Mas também pode ser uma ameaça, se for destacado que só existem duas escolas porque aquele público não se interessa por esse tipo de empreendimento.

No cenário interno da empresa, a definição de Forças e Fraquezas pode ser mais fácil de identificar, uma vez que se trata de um ambiente interno, de dentro da empresa. Contudo, esses dois fatores devem ser ainda mais aprofundados, pois eles estão totalmente sob o controle do administrador, e ele deve conhecê-lo como se conhece um cliente, ou um funcionário. O controle interno da empresa deve estar nas mãos do dono, do gerente da empresa.

Para esta análise, o empreendedor deve ter em mãos os pontos fortes e fracos da organização. Pense na parcela do mercado que a empresa participa; qual sua relevância; qual a opinião dos clientes com relação à empresa; a qualidade dos produtos e/ou serviços; a inovação em suas diversas formas; a dedicação dos funcionários; enfim, toda e qualquer mudança positiva que pode ser feita para que o objetivo da empresa seja alcançado, seja ele monetário ou um objetivo que visa a fidelidade dos clientes.

Em suma, a análise SWOT aparece para dar novos horizontes ao investidor ou administrador de uma empresa. É necessário fazê-la ao montar um plano de negócio e tê-la revisada com os novos objetivos da empresa no decorrer dos planos da mesma.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !

1 reply to this post