Como Fazer Cachaça em casa – Conheça o processo de fabricação da Pinga


P1020422

A bebida destilada que tem a cara do Brasil é, sem dúvida alguma, a cachaça! Também chamada de pinga e aguardente, ela é utilizada no preparo de diferentes drinks (como da famosa caipirinha), mas também pode ser consumida pura (para os mais valentes!), abrindo o apetite. Feita a partir da cana-de-açúcar, planta típica dos países tropicais, a cachaça é uma bebida de grande importância cultural, social e econômica para o Brasil, e está relacionada diretamente ao início da colonização do País e à atividade açucareira, que, por ser baseada na mesma matéria-prima da cachaça, forneceu influência necessária para a implantação dos estabelecimentos cachaceiros.

cachaca mat Como Fazer Cachaça em casa   Conheça o processo de fabricação da Pinga

Se você também quer aprender a fazer a sua própria cachaça, anote o tutorial do Comofas!

1) Preparação e Moagem: Depois de cortada, a cana madura, fresca e limpa deve ser moída num prazo máximo de 36 horas. As moendas separam o caldo do bagaço, que será usado para aquecer as fornalhas do alambique. O caldo da cana é decantado e filtrado para, em seguida, ser preparado com a adição de nutrientes e levado às dornas de fermentação.

98e20d1a8a883181cf65f1ba10dd3ff2 Como Fazer Cachaça em casa   Conheça o processo de fabricação da Pinga

2) Fermentação: Como cada tipo de cana apresenta teor de açúcar variado, é preciso padronizar o caldo para depois adicionar substâncias nutritivas que mantenham a vida do fermento. Como a cachaça artesanal não permite o uso de aditivos químicos, a água potável, o fubá de milho e o farelo de arroz são os ingredientes que se associam ao caldo da cana para transformá-lo em vinho com graduação alcoólica, através da ação das leveduras (agentes fermentadores naturais que estão no ar). Pode se utilizar também, no lugar desse chamado “fermento caipira”, a levedura Saccharomyces cerevisae, comumente encontrada em supermercados e padarias. A sala de fermentação precisa ser arejada e manter a temperatura ambiente em 25°. As dornas onde a mistura fica por cerca de 24 horas, podem ser de madeira, aço inox, plástico ou cimento.

P1020333 Como Fazer Cachaça em casa   Conheça o processo de fabricação da Pinga

3) Destilação: O vinho de cana produzido pela levedura durante a fermentação é rico em componentes nocivos à saúde, como aldeídos, ácidos, bagaços e bactérias, mas possui baixa concentração alcoólica. Como a concentração fixada por lei é de 38 a 54 GL, é preciso destilar o vinho para elevar o teor de álcool. O processo é fazer ferver o vinho dentro de um alambique de cobre, produzindo vapores que são condensados por resfriamento e apresentam assim grande quantidade de álcool etílico. Os primeiros 10% de líquido que saem da bica do alambique (cabeça) e os últimos 10% (cauda) devem ser separados, eliminados ou reciclados, por causa das toxinas.

a alambique01 g Como Fazer Cachaça em casa   Conheça o processo de fabricação da Pinga

Destilador de Cobre

 

destilador Como Fazer Cachaça em casa   Conheça o processo de fabricação da Pinga

P1020422 Como Fazer Cachaça em casa   Conheça o processo de fabricação da Pinga

4) Envelhecimento: Constituindo-se no processo que aprimora a qualidade de sabor e aroma das bebidas, o envelhecimento é a etapa final da elaboração da cachaça artesanal. A estocagem é feita, preferencialmente, em barris de madeira, onde ainda acontecem reações químicas. Existem madeiras neutras, como o jequitibá e o amendoim, que não alteram a cor da cachaça.

As que conferem ao destilado um tom amarelado e mudam seu aroma são o carvalho, a umburana, o cedro e o bálsamo, por exemplo. Cada uma dá um toque especial, deixando a cachaça mais ou menos suave, adocicada e/ou perfumada, dependendo do tempo de envelhecimento.

400px Cachaça barrels at Ypiócas museum 1 Como Fazer Cachaça em casa   Conheça o processo de fabricação da Pinga

22 replies to this post
  1. Muito bom!!!
    Adoro ler as coisas que estão dentro da gastronomia!

    Parabéns!

    Obs: Cuidado com a palavra “vinho”, definição: “O vinho é uma bebida obtida através da fermentação alcoólica total ou
    parcial do mosto da uva, que é o produto do esmagamento da uva madura.” Sendo cana a matéria prima e não a uva, não se pode obter vinho da cana!

    • Hey! Muito obrigada pela dica sobre o vinho! É que, popularmente, acaba-se falando do “vinho da cana”, apesar de ser apenas um mosto fermentado de cana. Mas obrigada mesmo assim! Espero que os posts sejam de grande utilidade!

  2. olá tudo bem eu gostaria de saber quanto eu tenho que por de fermento para um litro de caldo de cana e quanto tempo eu tenho que deixar concretizar o processo e como eu tiro os 10% da pinga ruim até que ela fique boa

  3. Olá,
    Sou do norte de Portugal e de uma das várias vezes que foi ao nordeste, a Joao Pessoa, traouxe e plantei mudas de cana de açúcar no meu quintal. As mudas cresceram bem e já colho cana de açucar, mas aqui nao temos aparelho para triturar a cana.
    Queria fazer cachaça para mim em Portugal, mas este facto impede-me. N~~ao é uma pena?

  4. a vossa pagina e muito boa.
    Eu preciso de fazer alcool de cereais porque em Portugal não encontro em lado nenhum e agradecia a quem souber como se faz que me mande a receita para o meu mail se faz favor.
    Quero exprimentar fazer o meu proprio perfume, e as receitas pedem sempre alcool de cereais, ja procurei em todo o lado e foi por isso que entrei na vossa pagina e fiquei surpreendida por ser tão boa,mas pergunto se se pode fazer coisas tão gostosas, será que o alcool de cereais é um produto assim tão raro que não se encontra a receita em lado nehum e também não se vende em Portugal porquê?
    já ando há um ano a procurar por isso quero deitar mãos a obra e fabrica-lo eu.
    só preciso de 200ml para exprimentar, por isso fico grata a quem me enviar a receita e como fazer que eu depois digo se consegui ou não um perfume ao meu jeito