Como fazer oração evangélica


6310409473_44b0f5798d_b-F550x450

Muitas pessoas gostariam de orar. Mas não sabem como fazer uma oração conforme a bíblia orienta. Entretanto, não há nenhum mistério em orar.

  • Dificuldade: Fácil
  • Tempo: 10 minutos – 3 horas

Primeiro Passo – Reconhecer sua natureza

Primeiramente devemos deixar claro que não existe nenhuma oração evangélica, mas uma oração bíblica. A Bíblia ressalta que devemos conversar com Deus e apresentar nossas queixas para um Deus bondoso, mas Justo.

“Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. Salmos 51:10 ( Bíblia Almeida Corrigida e Fiel)

Aprendemos com os salmos a verdadeira forma de fazer uma oração que agrade ao SENHOR. E consiste em, principalmente, saber que nossa natureza necessita da cura de Deus. Como diz o salmista,”Cria em mim”, pois não temos condições de ter um coração íntegro a parte de Deus. Quando vamos nos aproximar d\’Ele, devemos ter plena consciência de que não somos pessoas boas por nós mesmos e que dependemos da misericórdia do SENHOR para que possamos ter um relacionamento limpo e puro.

Nosso coração é capaz de fazer as maiores loucuras e se possível fosse, gostaríamos de tirar Deus do seu trono para colocar um deus criado em nossa imaginação. Então, se queremos, realmente, saber como orar , devemos saber  que não há em nós nada que possa nos aproximar de Deus.

“Pois quê? Somos nós mais excelentes? De maneira nenhuma, pois já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado;

Como está escrito: Não há um justo, nenhum sequer.

Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus.

Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nenhum só.

A sua garganta é um sepulcro aberto; Com as suas línguas tratam enganosamente; Peçonha de áspides está debaixo de seus lábios;

Cuja boca está cheia de maldição e amargura.

Os seus pés são ligeiros para derramar sangue.

Em seus caminhos há destruição e miséria;

E não conheceram o caminho da paz.

Não há temor de Deus diante de seus olhos.

Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus.

Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado.

Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas;

Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não há diferença.

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”
Romanos 3:9-23

2676228903 f773fa49ed o F550x450 Como fazer oração evangélica

Via creativecommons

Segundo Passo – Sabendo da justiça de Deus

“O SENHOR é justo; cortou as cordas dos ímpios.” Salmos 129:4

Devemos, também, saber da justiça de Deu,s que está longe de todos aqueles que maquinam o mal, e corta “as cordas dos ímpios”. O próprio Deus desliga a “corda” que sustenta a vida dos ímpios. Então, que saibamos: Deus é um justo. Ele odeia o pecado e todo aquele que o pratica. Se nossas orações tiverem como base mentiras, falsos testemunhos, ou qualquer coisa que Ele odeia, nossa oração será rejeitada e possivelmente não amamos a Deus.


O SENHOR está longe dos ímpios, mas a oração dos justos escutará.
Provérbios 15:29

4588082362 0accec1ff0 o F550x450 Como fazer oração evangélica

Via creativecommons

Terceiro Passo – Resolvendo o Problema – A Intercessão

Podemos verificar que temos um grande problema. Deus odeia ao ímpio e sua oração (Passo 2) e de igual modo somos todos ímpios. Como fazer então para orar a Deus?

Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito; 1 Pedro 3:18

Precisamos recorrer a Cristo, nosso único intercessor, que pela sua morte nos trouxe o benefício da vida [espiritual] e nos deixar capazes de n\’Ele poder ter livre acesso a Deus e apresentar nossa oração.

Se derrame perante ele, conte de toda maldade do seu coração e que só pode estar conversando com Ele pelo sacrifício de seu único filho.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !