Como fazer pintura corporal – passo a passo


A pintura corporal sempre existiu e sempre existirá, tem sua origem na cultura egípcia, no Brasil a pintura corporal se originou da cultura indígena, quando o homem pintava o corpo em sinal de respeito aos seus deuses, para comemorar a fartura na colheita, para pedir chuva ou para ir à guerra, há muitas técnicas e estilos usados para realizar a pintura corporal, hoje é muito comum vermos em comemorações como o carnaval.

É muito comum encontrar esse tipo de pintura nas tribos indígenas, eles usam essas pinturas para agradecer pelas colheitas, para pedir chuva ou para anunciar uma guerra, para cada acontecimento há uma pintura especifica para que seja identificada a ocasião.

Hoje a pintura corporal é chamada de maquiagem artística, ela transforma cada parte do corpo em uma expressão de arte, a junção de tudo é a beleza indiscutível do todo. Há uma diferença entre a maquiagem artística e aquela usada na caracterização de teatro ou cinema, porque na maquiagem artística não há a intenção de modificar a pessoa, apenas mostrar um efeito visual, causando uma expressão do belo.

A pintura corporal usada em carnavais e nas modelos é muito comum e muito fácil de fazer, é normal o artista pintar a modelo nua como se ela estivesse vestida, é uma técnica muito demorada e com certo grau de dificuldade, caso queira uma coisa mais simples, pode optar por maquiagens comuns para desenhar as mãos e rosto para as ocasiões especiais como páscoa, aniversários, festas juninas, etc…

A mais estenosa das pinturas corporais é aquela onde o desenho pintado no corpo é a representação de alguma coisa, uma roupa, ou algum outro objeto que tenha significância naquela ocasião. O item mais indispensável nas pinturas corporais são as tintas usadas na ocasião, vamos aprender a fazer a tinta especial em casa.

Material necessário para o preparo da tinta:

  • Uma xícara de farinha de trigo;
  • Meia xícara de chá de açúcar;
  • Meia xícara de chá de amido de milho;
  • Anilina comestível de cores diversas.

Modo de fazer:

Misture a farinha de trigo, o açúcar e o amido de milho, depois aqueça um copo de água, jogue a água quente à mistura, mexa sempre para que se torne grossa, consistente e clara. Em seguida, divida a pasta em partes iguais, despeje um pouco de anilina em cada uma das partes da massa, e não se esqueça de mexer bem. Espere esfriar e depois é só aproveitar e usar a criatividade para aplicar na criançada, essa receita é muito usada para aplicar nas crianças em ocasiões especiais.

Para retirar essa tinta do corpo é muito fácil, é só lavar o local com água e sabão ou sabonete.

Hoje o leque de cores usadas nas pinturas vem crescendo mais a cada dia, além é claro do talento dos muitos artistas que executam esse tipo de trabalho onde a pele da modelo é a tela viva para exposição de sua obra.

Para que a pintura tenha todo esse impacto sobre quem a observa é essencial que o artista domine muito bem as técnicas de desenho, pois essa é sua principal ferramenta de trabalho. Ao pintar o corpo de uma modelo o maquiador explora toda a sensibilidade e criatividade do momento em comunhão com técnicas de composição artística, utilizando para isso os desenhos, as pinturas e as tintas tão necessárias a esse trabalho. É muito importante observar a qualidade das tintas utilizadas para evitar que ocorram reações alérgicas nas pessoas e futuros transtornos a saúde por conta de má qualidade do material usado.

Um dos obstáculos desta arte tão expressiva é que é uma arte efêmera, criar uma obra de arte leva muito tempo, e mesmo assim, depois a arte é rabiscada em papel e só então para ser realmente produzida no corpo humano. E depois de tudo isso, se por alguma razão não for documentada em foto ou vídeo, ela se perderá para sempre, e não haverá mais como ninguém admirar sua criação.

Apesar disso não podemos negar o quão belos são os desenhos criados por nossos artistas, espero ter ajudado.

Boa sorte a todos.