Como fazer um PDCA


6829381157_8edcb521e5

As ferramentas de gestão são fundamentais no planejamento e na estratégia mercadológica das empresas contemporâneas. A alta concorrência unida com as facilidades de compra e as exigências dos clientes são indicadores da importância que os serviços e produtos comercializados por uma organização desencadeiam e impactam na sociedade, positivamente ou de forma negativa.

O PDCA é uma das ferramentas de gestão mais utilizadas atualmente, pois sua dinâmica e facilidade de entendimento auxiliam na relação tempo-produção que faz toda a diferença no mercado.

Conheça mais sobre o tema e saiba como o PDCA é formulado em favorecimento da qualidade total do setor produtivo das empresas.

PDCA

Criado pelo norte-americano Walter Shewhart, que é matemático, físico e engenheiro e posteriormente desenvolvido em parceria com o também matemático William Deming, o PDCA é uma ferramenta de gestão que relaciona os principais compromissos e necessidades técnicas para as empresas do século XXI.

8538932651 9e81831e04 Como fazer um PDCAansesgob/Flickr

Plan, Do, Check e Act são os respectivos significados da sigla PDCA, que traduzidos para a língua portuguesa se transformam em Planejamento, Execução, Verificação e Ação. Seu objetivo é promover o guia de ação inteligente da empresa na forma de ciclo de atividades, onde o sucesso de uma etapa refletirá na próxima, assim como o fracasso.

Geralmente, são utilizados gráficos e imagens que retratam a aplicação do PDCA ao longo do tempo, pois de nada adianta implantar esta ferramenta de gestão e não garantir sua fiscalização e melhoramento contínuo, de acordo com seus motivos de realização e efeitos na cadeia produtiva da organização.

Abordar totalmente o PDCA é algo complexo e desafiador para os entendidos no assunto. Existem diversas publicações acadêmicas que relacionam o assunto, acrescentando novos tópicos e exemplos do cenário financeiro nacional e internacional. Porém, esta ferramenta é de fácil entendimento e aplicação às pequenas e grandes empresas na elaboração de suas estratégias internas e externas.

Como fazer um PDCA – Dicas

O PDCA é elaborado da seguinte forma:

A empresa deve estabelecer suas metas e objetivos baseada no:

  • Planejamento – Estabelece o objetivo e as metas;
  • Execução – Representa como as metas são e devem ser alcançadas;
  • Verificação – Controla em frequência periódica os resultados, que devem serão comparados com os objetivos previstos no planejamento;
  • Ação – Continuar produzindo em casos de acertos e investir em alterações se forem encontrados erros na verificação.

Ação do PDCA

Esta ferramenta de gestão exige o cumprimento fiel de todas as fases relacionadas, uma após a outra. O planejamento deve ser precedido pela execução, que por sua vez será verificada e modificada para ações posteriores, em casos de necessidade.

O gerenciamento da qualidade total é uma das principais aplicações do PDCA, objetivando conscientizar e promover a qualidade em todos os setores e atividades da respectiva empresa. Isso significa que a identificação de fatores críticos e prejudiciais a satisfação dos clientes e a qualidade dos bens produzidos deve ser constante e envolver todos os funcionários e atividades da empresa.

Correção dos gargalos

Através do PDCA é possível identificar os erros e impedimentos da qualidade total na produção, sendo necessário empregar investimentos imediatos na eliminação ou melhoramento destes tópicos.

6829378917 6439415c2c Como fazer um PDCAVictor1558/Flickr

Priorizar o cliente

O PDCA considera os clientes internos (funcionários) e externos (cliente final), que buscarão no mercado os serviços e benefícios ofertados pela empresa. É importante operar e agir colocando-se no lugar dos consumidores, pois só assim será possível identificar suas necessidades e exigências.

Recomenda-se que o PDCA seja elaborado pelo gestor, administrador ou diretor estratégico da empresa, compreendendo sua amplitude e influência na organização.

De acordo com a teoria do PDCA, a qualidade e o cliente são os guias de atuação para a empresa que deseja crescer e alcançar novos públicos continuamente. A questão financeira neste caso será consequência da aplicação de melhorias técnicas e práticas na produção e oferta de produtos/serviços no mercado. Boa Sorte!

(imagem destaque: Victor1558/Flickr)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !