Como fazer uma piscina natural


6325908160_8166684f69

As piscinas naturais lembram as lagoas e lagos. Elas são comuns na Europa, mas ainda pouco utilizada por nós brasileiros.

Vantagens

  • São opções ecologicamente corretas
  • Os custos de manutenção são baixos
  • Dispensa o uso de substâncias químicas
  • Podem ser adaptadas para vários tipos de casas
  • O gasto de energia com a bomba é muito menor que a das piscinas convencionais
  • Nenhum risco a saúde advindo de substâncias químicas
  • São muito bonitas e complementam a decoração da casa
  • Dá um contato maior com a natureza

Desvantagens

  • Na fase de estabilização (início), a água pode ficar turva
  • A água não fica totalmente cristalina
6898456872 d803e65c36 Como fazer uma piscina natural

Via Flickr

1. Partes da piscina natural

A piscina natural é dividida em duas seções.

  • Área para o nado – Local para natação/banho
  • Área para regeneração – Composta por plantas e micro-organismos que filtram e purificam a água

2. Escolhendo o local adequado

  • Longe de árvores e outras raízes
  • Se a piscina for de água corrente, saiba a origem da água.
  • Evite contaminantes
  • Local iluminado pelo sol por no mínimo 5 horas diárias.

3. Escolhendo as plantas para a limpeza natural da piscina

São plantas aquáticas flutuantes ou para áreas encharcadas. Pode-se complementar com plantas ornamentais, aromáticas ou frutíferas.

  • Bunho (Classificação científica: Schoenoplectus lacustres)
  • Papiro (Classificação científica: Cyperus papyrus)
  • Íris Amarelo (Classificação científica: Iris pseudacorus)
  • Lírio do Brejo (Classificação científica: Hedichium coronarium)
  • Junco (Classificação científica: Juncus sellovianus)
  •  Taboa (Classificação científica: Typha spp)
  • Alface D’água (Classificação científica: Pistia stratiotes)
  • Calamo Aromático (Classificação científica: Acorus calamus)
  • Aguapé (Classificação científica: Eichornia crassipes)
  • Copo de Leite (Classificação científica: Zantedeschia aethiopica)
  • Biri (Classificação científica: Canna edulis)
  • Ninféia (Classificação científica: Nymphaea spp)
medium 5676883118 Como fazer uma piscina natural

Via Flickr

4. Projetos

Os projetos de piscinas naturais variam muito. Pode-se construir uma piscina convencional onde a água é tratada pelas plantas. Algumas lembram muito lagos e lagoas. E o tamanho depende do espaço disponível e a composição da família (a presença de crianças influencia muito). Existem piscinas que aproveitam a água corrente de fontes.

  • O desenho da piscina não possui restrições, assim como as dimensões
  • A profundidade pode ser baixa, gradual ou alta
  • Deve-se considerar o clima e o solo
  • Na seção de regeneração indica-se a adição de pedras para retenção dos nutrientes para as plantas
  • Instalação de uma bomba de água para forçar a circulação da água, deixando a mais clara e limpa. Essa bomba pode ser substituída por uma bomba solar
  • A seção de regeneração pode ser localizada ao redor da piscina ou na lateral
medium 3229006806 Como fazer uma piscina natural

Via Flickr

5. Construção – Como fazer

  1. Cavar um buraco no tamanho e profundidade desejados para a sua piscina e a área para a vegetação (pode ser alagada ou somente encharcada).
  2. As bordas da piscina devem ser inclinadas, facilitando a locomoção
  3. A área da vegetação deve ser represada evitando que elas saiam do lugar.
  4. Forre a área da piscina até as bordas.
  5. Encha-a de água.
  6. Esconda o forro com pedras nas bordas da piscina.
  7. Instale a bomba de água.
  8. Construa uma doca por cima da bomba, escondendo-a.
  9. Arranje as plantas aquáticas na seção de regeneração.

6. Manutenção necessária e outras instalações

  • Poda das plantas, periodicamente
  • Pode-se instalar um sistema de aeração caso seja necessário
  • Para piscinas utilizadas por muitas pessoas e que tenham contato com animais, pode-se instalar um sistema de radiação UV. A radiação mata vários organismos nocivos a nós humanos, além de controlar as algas verdes. O sistema é composto por um filtro e um tubo com uma lâmpada UV em seu núcleo. A água filtrada passa pelo tubo e depois é bombeada de volta a piscina. O tamanho da lâmpada depende das dimensões da piscina

Boa Sorte!

 

1 reply to this post