Como funciona a pirâmide alimentar


p1

O organismo humano depende dos nutrientes encontrados nos alimentos para manter o seu bom funcionamento. No entanto, cada alimento possui um determinado nutriente, sendo assim, os nutrientes essenciais para a vida humana são encontrados em diversos tipos de alimentos, por isso, a pessoa necessita de uma absorção maior de alguns tipos de alimentos. Sendo assim, a pirâmide alimentar se baseia nessa distribuição eficiente de alimentos necessários para a saúde e o bom funcionamento do organismo.

1 F550x45033 Como funciona a pirâmide alimentarjmacpepe/Flickr

A pirâmide alimentar foi criada com o intuito de ajudar no controle do consumo necessário para a sobrevivência humana, sendo assim, ela é dividida em oito grupos. Cada grupo possui uma quantidade exata de nutrientes, ou seja, um único grupo não pode ser consumido com a intenção de suprir todos os nutrientes necessários.

Como funciona a pirâmide alimentar

A pirâmide alimentar funciona da seguinte maneira:

A base mais larga da pirâmide indica os alimentos que devem ser mais consumidos no dia a dia. De acordo com estreitamento da pirâmide, os alimentos que estiverem ali dispostos devem ser consumidos moderadamente, ou seja, quanto mais estreito for a parte da pirâmide, mais controlado deve ser o consumo daquele alimento.

4 F550x45036 Como funciona a pirâmide alimentarbyrev/Pixabay

Entendendo os grupos da pirâmide alimentar

Na base mais larga da pirâmide encontramos a água e os líquidos que são fundamentais para uma saúde mais adequada. Por isso, é importante o consumo de líquidos para uma vida mais plena e controlada.

Grupo 1

Acima dos líquidos, aparece o grupo 1: nesse grupo, estão os alimentos energéticos, ricos em carboidratos e fibras. Geralmente possuem a quantidade de energia que o corpo necessita para se manter no dia a dia.

Alimentos: Cereais, pães, massas, raízes, etc.

3 F550x45035 Como funciona a pirâmide alimentarPublicDomainPictures/Pixabay

Grupos 2 e 3

Estão no segundo degrau da pirâmide que indicam alimentos reguladores. São alimentos ricos em vitaminas, sais minerais, fibras e água. E devem ser consumidos diariamente para um bom equilíbrio corporal.

Alimentos: Hortaliças, verduras, frutas e suco de frutas naturais.

Grupo 4

Fica no terceiro degrau da pirâmide e nele estão os alimentos construtores, ricos em proteínas, cálcio, ferro e zinco. Fundamentais para o organismo, por isso podem ser consumidos na mesma proporção que os alimentos do grupo 2.

Alimentos: Leite e seus derivados.

Grupo 5

Os alimentos construtores, ricos em proteínas, cálcio, ferro e zinco, mas que também possuem gordura e colesterol fazem parte do grupo 5 porém ficam no mesmo degrau que o grupo 4.

Alimentos: Carnes e ovos.

2 F550x45036 Como funciona a pirâmide alimentarPublicDomainPictures/Pixabay

Grupo 6

Também estão no mesmo degrau que o grupo 4 e 5 e são alimentos construtores com as mesmas substâncias, porém possuem vitaminas e oferecem calorias através do colesterol bom.

Alimentos: Legumes, feijão, soja, ervilha, etc.

Grupos 7 e 8

Estão os alimentos energéticos extras, que ficam no último degrau da pirâmide ricos em calorias e gorduras, com pouco valor nutritivo. Devem ser consumidos moderadamente.

Alimentos: Açúcar, óleo e gordura.

p146 Como funciona a pirâmide alimentarweinstock/Pixabay

Os nutrientes são essenciais para quem deseja uma vida mais saudável e tranquila, beneficiando todo o corpo no dia a dia, por isso vale a pena aplicar os princípios da pirâmide alimentar na sua dieta diária.

Boa sorte!

(Imagem destaque: romanov/Pixabay)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !