Como funciona a corrente russa


shutterstock_105497201

O surgimento da corrente russa trazia, como benefício principal, a tonificação muscular, através de um aparelho que na sua essência fazia com que os músculos se contraíssem, forçando a atividade da corrente sanguínea e favorecendo a tonificação da musculatura. Como não podia deixar de ser, hoje, a corrente russa é muito utilizada para tratamentos estéticos, especialmente para flacidez da pele, pois basicamente tem o mesmo princípio de enrijecimento que a musculatura.

Com isso esse método de tratamento, além de continuar a ajudar desportistas e pessoas que gostam de musculatura, agora colabora com a estética e com pessoas que passam por processos traumáticos de emagrecimento, ou ainda com o pós-parto.

Como funciona a corrente Russa

  • Na musculatura existem dois tipos de fibras, as vermelhas e as brancas. As fibras vermelhas são conhecidas como fibras tonicidades e as brancas são conhecidas como fibras de velocidade.
  • A função do aparelho é fazer com que aumente o volume ou o tamanho do músculo. Muitas vezes é utilizado para melhorar os casos de atrofia muscular ou fraqueza. Sendo assim, além de melhorias, tanto na área física e estética, pode produzir efeito na área de fisioterapia. Percebe-se que a corrente russa tem a função de melhorar a força muscular ou de outros tecidos no qual pode atuar.

shutterstock 114814000 Como funciona a corrente russaJavier Brosch/Shutterstock

Forma de utilização

  1. Um profissional de estética ou de fisioterapia, ou outro profissional treinado e com conhecimento do aparelho de corrente russa, vai colocar o aparelho na áreas a serem tratado e ligará na energia elétrica.
  2. Os eletrodos do aparelho da corrente russa serão direcionados no centro do músculo do espaço onde será feito o tratamento. Isso tudo é de conhecimento do profissional que vai manusear o equipamento.
  3. O aparelho passará as descargas elétricas para a musculatura do paciente. Com isso será incentivado a contração muscular que pode ser considerada involuntária, mas que foi estimulada pelo processo.
  4. O paciente será orientado a produzir uma contração voluntária ao mesmo tempo para otimizar o tratamento e os resultados aparecerem mais rápidos.

O que esperar da corrente russa?

  • Os principais resultados da utilização da corrente russa estão relacionados com o aumento e tonificação muscular e com o enrijecimento de espaço flácido, mas é possível perceber uma melhora da circulação sanguínea, diminuição da retenção de líquidos, melhora e agilidade dos movimentos e maior disposição no dia a dia.

shutterstock 105902762 Como funciona a corrente russaRobert Kneschke/Shutterstock

Quem pode utilizar a corrente russa

  • A indicação da corrente russa é para atletas que precisam melhorar a tonificação muscular e não conseguem resultados apenas com a academia, pois necessitam melhorar a circulação sanguínea para obter resultados com a prática da musculação.
  • Após parto e emagrecimento rápido também são indicados sessões de corrente russa.
  • Também pode ser utilizada após cirurgia plástica e para todos que precisam ou querem melhorar o volume muscular e melhorar a aparência através da melhora da tonificação muscular.

Contraindicações

  • Problemas cardíacos, renais, gravidez, varizes, lesões no músculo, trombose, hipertensão e outros problemas que podem ser considerados contraindicados pelos profissionais que utilizam esse procedimento em seus consultórios. É muito importante obedecer essas contraindicações.

Os principais locais para tratamento com a corrente russa são os braços, coxas, glúteos e abdome entre outros. O numero mínimo de sessão é de dez sessões.

(Imagem Destaque: Robert Kneschke/Shutterstock)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !