Como funciona o CI 555 (circuito integrado)


2831465356_36974b8d2e

Se você sempre teve curiosidade de saber como funciona o CI 555, leia este tutorial e aproveite para sanar todas as suas questões. O temporizador 555 implementa qualquer temporizador e muitas aplicações sob a forma de um circuito integrado, ou também em um chip desenvolvido em 1971 pela “Signetics”.

O nome pode vir dos 5 ohm resistores utilizados em implementações iniciais, embora o número foi implementado de forma arbitrária (como muitos acreditam). Um projeto típico para o temporizador 555 é composto de mais de 20 transistores, diodos e duas resistências de 15, em um chip de silício.

Ele utiliza oito pinos para chão, entrada de disparo e saída, com uma entrada de reset, controle de tensão e também para a entrada de limiar, de descarga e tensão de alimentação ou + Vcc (5-15 volts em uso normal). O chip integrado permanece na produção devido a sua facilidade de uso e também pelo seu preço baixo, alem é claro, de sua boa estabilidade. Estima-se que um bilhão de unidades foram produzidas a partir do ano de 2003. O temporizador 555 opera em três modos: modos “monoestável”, “astável” e “biestável”, dependendo das conexões e arranjo de componentes externos.

4791855150 d4eed722ac Como funciona o CI 555 (circuito integrado)

Via Flickr

Sua operação e funcionamento ocorrem de forma muito simples:

  • Os centros de temporizador 555 contam com cerca de três resistências, que criam um divisor de tensão através da fonte de alimentação, com um ou dois comparadores conectados a ele.
  • O circuito integrado de três resistências na divisão de tensão tem o mesmo valor que o comparador assinala a tensão a 1/3 e 2/3 da tensão de alimentação, que são afetados pela entrada da tensão de controle.

Veja como é simples, por exemplo, mudanças de estado no interior do chip integrado acontecem quando a entrada de disparo vai abaixo de Vcc + / 3 e faz com que a mudança de saída para + Vcc para o transistor de descarga seja desligada. Se a entrada de limiar aumenta até uma faixa crítica, situada acima de 2 / 3 + Vcc, então, a saída está em terra e o transistor de descarga tem que ser ativado novamente.

A fim de aumentar a tensão de limiar de (2/3) + Vcc, o condensador (C) está ligado ao pino e carregado por uma resistência (R). Entenda que desde que ele se adapta ao R e os valores de C, ele cria um valor perto de qualquer intervalo de tempo desejado.

Suas aplicações e utilizações

O temporizador 555 funciona em muitos eletrônicos diferentes de uso diário. O relógio de quartzo usa o dispositivo para manter a noção do tempo. Um rádio com sintonia AM regular requer ondas portadoras para a estação e, por sua vez, o receptor AM ajuda a sintonizar a estação através de um ressonador. Microprocessadores trabalham e registram sua velocidade de clock em megahertz (MHz).

3123476770 8013393f7e Como funciona o CI 555 (circuito integrado)

Via Flickr

Ele determina o quão rápido as instruções de computadores podem executar determinado processo. Telefones celulares, pagers e GPS precisam de receptores sem fio e transmissores. O temporizador 555 também é implementado em áudio-freqüências e equipamentos que utilizam seu serviço a parte também para sintetizadores de música. Agora que você já sabe como funciona o CI 555 aproveite para usufruir de todos os benefícios deste temporizador, boa sorte!

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !