Como montar um mercadinho


6312263366_ffeb912c2c

Certa vez, em uma entrevista, o gerente de um grande supermercado declarou que os pequenos mercados, popularmente conhecidos como mercadinhos, eram uma grande e incômoda “pedra no sapato” das grandes redes, e, por esta razão, elas estavam investindo em minimercados de bairro, com o objetivo de conquistar a parcela de clientes que prefere comprar em estabelecimentos menores.

Mas qual é a razão do sucesso dos mercadinhos?

  • Atendem de forma mais rápida a pequenas necessidades,
  • São mais próximos de casa,
  • Ficam abertos em horários alternativos,
  • Possuem atendimento personalizado (geralmente os donos conhecem seus clientes pelo nome),
  • Facilitam o pagamento, deixando que o cliente pague a conta geral no final do mês,
  • Possuem maior fluxo de vendas de carnes e frios,
  • A grande maioria deles faz entrega a domicilio.

6057053386 920d2d0488 Como montar um mercadinhowikimapa/Flickr

Por tudo isso, investir em um mercadinho pode ser um grande negócio, e se você está pensando em entrar para esse ramo, saiba que pode ser bastante lucrativo. Anote nossas dicas.

Como abrir um mercadinho

1) Analise primeiramente:

  • a viabilidade do negócio, 
  • se existe possibilidade de retorno do investimento, 
  • a concorrência próxima,
  • se o local onde você pretende se instalar favorece a abertura de um mercadinho.

2) Escolha um nome sugestivo para seu minimercado.

3) Providencie um local para a instalação do negócio:

  • Você poderá alugar ou comprar, vai depender do capital disponível.
  • O local deve ter um amplo espaço (de no máximo 300 m²), portas largas para a entrada e saída dos clientes, uma área para armazenar o estoque, boa luminosidade e, se possível, um pequeno estacionamento (que caiba pelo menos 5 carros). Também deve ter boa localização, próximo às residências e, ao mesmo tempo, num local de fácil acesso e seguro, pois ficará aberto em horários alternativos.

4) Contrate um contador e procure a Junta Comercial de sua cidade para cuidar de todos os trâmites legais e da documentação necessária para abrir o seu negócio. Ali você receberá todas as orientações, inclusive de como obter o alvará de funcionamento da Vigilância Sanitária.

5) Com toda a documentação em ordem, providencie agora a estrutura básica para iniciar seu negócio: 1 balança digital, balcões comuns, balcão para frutas e verduras, balcão refrigerado, prateleiras, 1 geladeira com porta transparente, 1 freezer horizontal, pelo menos uma caixa registradora, 20 cestas, de 3 a 5 carrinhos de tamanho médio, gôndolas, cortador de frios, cadeiras, etiquetador, calculadora.

6) Providencie um carro tipo caminhonete para entregas a domicílio – se você for disponibilizar esse tipo de serviço.

7) Negocie bons preços e boas condições de pagamento com fornecedores. Prefira sempre vender bons produtos e também devem ser bastante variados, já que deste detalhe vai depender o bom fluxo de clientes. Ninguém gosta de comprar em um mercado onde faltam produtos.

6056638436 c686cbe13c Como montar um mercadinhowikimapa/Flickr

8) Faça um levantamento dos preços cobrados pela concorrência do bairro e, se possível, faça um preço mais barato para atrair a freguesia.

9) Contrate pelo menos 2 funcionários – para servir e repor estoques e para limpeza. No início você mesmo poderá ficar no caixa, mas quando aumentar o movimento deve contratar alguém para o caixa também, e você ou seu sócio atenderão fornecedores e fiscalizarão mercadorias e estoque.

Dicas

  • Tenha sempre muito cuidado com o armazenamento da mercadoria e assim evitará perdas de produtos.
  • Nunca deixe de repor produtos. Saiba que a maneira mais fácil de perder clientes é ter pouca variedade de mercadorias na loja. Observe sempre quais são os produtos que têm maior saída para repor com maior rapidez
  • Priorize sempre a decoração e a limpeza, que darão uma excelente impressão do local, atraindo sempre novos clientes
  • Faça promoções e sorteie brindes em datas especiais, mediante a compra de um valor mínimo
  • Uma ótima dica para o início é contar com a ajuda da família. Esposa ou marido como atendentes e filho no caixa, representarão uma imensa economia

Abrir um mercadinho pode ser excelente negócio, mas você deve estar preparado para enfrentar a concorrência e longas jornadas de trabalho, no entanto, se você souber administrar, será sem dúvida um ótimo investimento.

Boa sorte!

(Imagem Destaque: árticotropical/Flickr)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !