Como preparar sucupira no vinho


sucupira4

Sucupira é o nome dado popularmente a algumas espécies de árvores brasileiras, entre elas:

Bowdichia virgilioides, Pterogyne nitens, Diplotropis purpúrea, Sclerolobium aureum, Pterodon polygalaeflorus (que é considerada por alguns autores a mesma espécie desta Pterodon emarginatus).

A sucupira é uma planta do cerrado, muito comum nos estados de MG, MT, TO, SP, GO e MS. É uma árvore de porte médio, de 8 a 16 metros, folhas compostas bipinadas. Fruto tipo legume, achatado, com uma só semente. Possui uma ação antibiótica excelente para casos de infecção de garganta.

sucupira F550x450 Como preparar sucupira no vinho

Via Wikimedia Commons

Está comprovado que a semente de Sucupira é auxiliar no combate a doenças ósseas, como artrose, gota, úlceras, e artrite. Agindo também como tônico, anti-diabético e anti-inflamatório. Em casos de bursites, dores lombares, bico de papagaio, e esporão, seu efeito analgésico é imediato, muito mais potente do que os medicamentos farmacológicos.

Atualmente pesquisas tem nos mostrado muito mais: está provado os efeitos da Sucupira em dores constantes como na quimioterapia. Seu efeito analgésico também aqui já ficaram comprovados, assim como existem muitos trabalhos tentando provar em laboratório seus benefícios aos pacientes com câncer de próstata.

Seu uso veterinário também tem efeitos comprovados, em cães com artrose e lordose, quando é fornecida uma seringa das grandes, 3 vezes ao dia, do vinho da sucupira, obtém-se uma resposta às dores causadas pelos desgastes ósseos muito maiores do que com medicamentos farmacológicos.

Seu cheiro e sabor depois de preparado são deliciosos, parecendo muito com o do eucalipto, um pouco mais ardido talvez.

Encontramos vários depoimentos em nosso dia a dia de pessoas que tinham indicação de cirurgia, por problemas ósseos, e que simplesmente se curaram com o vinho da sucupira.

Mas existe um alerta e nunca é demais repeti-lo: Não pare nenhum tratamento convencional, sem antes consultar seu medico e dizer o que pretende fazer. A Sucupira, assim como tantos outros fitoterápicos de efeitos comprovado, pode curar uma infinidade de doenças e nossas dores, mas temos que ter a consciência de que só um medico está capacitado a dizer se o tratamento deve ou não ser continuado.

Como fazer o vinho da Sucupira:

Ingredientes

  • 1 garrafa de vinho branco
  • 10 sementes de sucupira (as sementes de sucupira são facilmente encontradas em todo o Brasil, nas casas especializadas em raízes e chás, e também atualmente em farmácias de manipulação)
  • Algodão.
sucupira2 F550x450 Como preparar sucupira no vinho

Via Wikimedia Commons

Modo de fazer:

  1. Envolva cada semente em um pedaço de algodão e com um martelo amasse  a semente, (é importante que a semente esteja envolvida no algodão, para que não se percam pedaços, que no ato de amassa-las se solta).
  2. Coloque as sementes envolvidas no algodão dentro do vinho branco.
  3. Feche bem, e guarde em local fresco e escuro por 15 dias (Um armário de cozinha, por exemplo).
  4. Depois desse tempo, beba a proporção de uma xícara misturada a um copo de água 3 vezes ao dia no caso de dores, artrite e artrose, e também para aliviar os efeitos da quimioterapia.
  5. Para dor de garganta fazer o gargarejo do vinho sem a mistura de água, 3 a 5 vezes ao dia, até que pare a dor na garganta.

Utilize enquanto persistir os sintomas. Mas existem pessoas que fazem uso diário da sucupira. Boa sorte!

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !

10 replies to this post
  1. a melhor maneira de fazer o cha e comfeccionar uma almofadinha de 10x10cm. picar as sementes uma a uma e colocar dentro amarrar e por dentro da agua fervida.Assim evitara um residuo que nao se solta da vazilha Seumelo