Como preparar uma pregação evangélica


5698836422_34243f042d_b

Para se preparar um sermão ou pregação, deve-se ter em mente alguns princípios essenciais, sem os quais a sua mensagem ficará empobrecida. Nesse texto iremos explorar cada um deles. Começando pela estrutura e partindo para cinco pontos essenciais que devem ser os norteadores obrigatórios de qualquer pregação.436406177 d63f9d3f1a b 600x250 Como preparar uma pregação evangélicaQuanto a estrutura: Uma pregação não se difere muito de uma redação. Por isso recomenda-se o estudo desta disciplina por parte dos pregadores. Sempre deve-se pensar em uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão para a sua mensagem. Ela deve manter a coerência com o tema proposto, utilizando como base os textos bíblicos que tratem do assunto. Para garantir que isso ocorra recomenda-se escrever o sermão e depois transformar esse texto em tópicos que, por sua vez, servirão de guia para que você possa se orientar.

1543810451 0e730d565b b 600x250 Como preparar uma pregação evangélicaPontos essenciais:

  1. Somente as escrituras: A revelação bíblica deve ser a nossa única fonte de fé e prática, então a mensagem tem que sempre partir dela. Por isso tenha muito cuidado com ilustrações, citações, exemplos, testemunhos, etc. Qualquer um desses recursos deve servir apenas para reforçar a mensagem, sem nunca ser a sua fonte.
  2. A centralidade de Cristo: Cristo é o coração, o centro da mensagem bíblica. Todo o Antigo Testamento diz respeito à preparação para a vinda Dele. Os Evangelhos narram a sua obra e todos os atos dos apóstolos, do Espírito Santo e da Igreja, testificam depois sobre essa obra até a atualidade. E assim será até a segunda vinda de Cristo. Portanto, uma pregação que não faz referência a Cristo deixa de lado o principal.5263661147 f6afaccfe2 b Como preparar uma pregação evangélica
  3. Aplicação pessoal: A mensagem deve ser aplicada à sua vida e à vida do público ouvinte. Eis o legítimo trabalho de um bom pregador: extrair do texto bíblico lições práticas para cada pessoa que ouvir a mensagem. Usando Moisés como exemplo, ao falar de um episódio da vida dele, o pregador deve, durante a mensagem, responder as seguintes questões: O que isso quer dizer para nós? Qual lição podemos aprender com isso? Qual promessa está contida nesta passagem? Como usar a experiência de Moisés para que também aprendamos? Como seria esse acontecimento da vida de Moisés no contexto dos dias atuais? E no contexto Cristão?
  4. Apelo: Ao se falar em apelo pensamos no convite para que o pecador abandone a sua vida de pecado e aceite Jesus como Salvador e Senhor. Mas apelo vai além disso. O apelo também refere-se à disposição das pessoas em pedir a Deus, através da oração, uma orientação de vida, e se colocar à disposição do propósito de Cristo.3951284252 4dca0e0d63 470x250 Como preparar uma pregação evangélica
  5. Tenha comunhão com Deus: Você já comeu um magosteen? É uma fruta típica da Tailândia, muito saborosa, segundo dizem. Você pode até pesquisar na internet e achar diversas informações sobre a fruta, mas nunca saberá o seu real gosto, textura e cheiro, enquanto não a degustar. Pensando dessa forma, o pregador deve, antes de tudo, manter uma dedicada comunhão com Deus. Todas as mensagens que ele pretende pregar devem ser, antes, vivenciadas. Se o Espírito Santo foi quem inspirou a palavra, é Ele quem deve nos iluminar para que possamos, corretamente, interpretá-la, aplicá-la e anunciá-la.

5698275593 5ee77406be b 600x250 Como preparar uma pregação evangélicaEsperamos que você tenha sucesso ao elaborar as suas pregações.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !

4 replies to this post