Como prevenir ataques de cobras


Cobra

Todos os anos milhares de pessoas são vítimas de acidentes com animais peçonhentos em áreas rurais e urbanas, que se avizinham a matas, no Brasil. Muitos desses casos trazem conseqüências terríveis incluindo invalidez, seqüelas neurológicas e motoras permanentes, amputação e, em grande parte dos casos, óbito. Saiba que é possível proteger você, sua família e terceiros desse tipo de acidente, basta observar algumas precauções descritas neste guia Comofas.

339101 cobra real1 446x250 Como prevenir ataques de cobras

Como prevenir ataque de cobras

6463064359 250d5dd40c z 600x250 Como prevenir ataques de cobras

1)    Respeite a fauna local de ambientes rurais! Animais como siriema, gavião, gambá, emas, saruê, entre outros, são inimigos naturais das serpentes e costumam afastá-las do ambiente em que vivem. Não mate esses animais e coíba a caça do mesmo em sua propriedade e proximidades.

2)    Crie animais domésticos como galinhas, gansos, patos, marrecos etc. Além de afastarem cobras e se alimentarem de insetos e aracnídeos peçonhentos, tais animais tem ainda a função secundária de produzirem alarme ante a presença de cobras e serpentes.

3)    Nunca deixe a porta do carro aberta em matas, trilhas e próximo a rios e córregos. O calor emanado pelo veículo é um convite à entrada dos répteis que poderão causar tanto acidentes ofídicos tanto automobilísticos quando manifestarem sua presença com um ataque.

4)    Evite o acúmulo de lixo, tralhas e qualquer espécie de material inútil que possa servir de abrigo para cobras próximo à sua casa. Jogue no lixo ou queime tudo o que for desnecessário, como entulhos, restos de material de construção, palha, etc.

5)    Controle a presença de roedores. Além de veicular doenças como raiva e leptospirose, ratos e camundongos são o alimento favorito para serpentes e cobras no geral, atraindo-as para o ambiente onde vivem. Faça armadilhas para tais roedores e crie gatos se possível.

6)    Cuidado ao subir em árvores, é um dos pontos de descanso favoritos das jararacas. Acidentes em ombros e pescoço são comuns por conta disso.

7)    Ao andar no mato mantenha-se na trilha e utilize calçado fechado, preferencialmente botas de cano longo, calça jeans (ou outro tecido grosso) e blusas de manga comprida. Tenha sempre em mãos uma bengala utilizando-a para fazer barulho e remexer as moitas sempre que se faça necessário entrar em meio à vegetação.

8 )    Tenha atenção redobrada em períodos pós-enchentes, à noite e em locais com mato seco, onde as serpentes podem se camuflar facilmente.

9)    Vede buracos e frestas no assoalho e teto.

10)                      Não deixe espaço livre entre a porta e o chão em casas localizadas na zona rural.

11)                      Não manuseie cobras mortas, ou tome cuidado se precisar fazê-lo. Algumas cobras fingem morte para atacar posteriormente.

12)                      Evite brincadeiras com serpentes mortas ou de brinquedos, principalmente aquelas que envolvem a tentativa de assustar terceiros. O animal pode não estar morto e realmente atacar a pessoa, além disso, há a possibilidade do assustado ser um cardiopata e ter precipitado um ataque do coração diante do susto.

13)                      Em caso de acidente contate imediatamente o corpo de bombeiros evitando atitudes como sugar a picada, fazer torniquetes, dar álcool ou outras substancias para o acidentado, etc.

14)                      Se possível, leve o animal até o pronto socorro para que sua identificação possa guiar o tratamento.

1 reply to this post