Como saber se estou com problemas na tireóide


montagem-tireoide

Localizada no pescoço, na região anterior à traquéia, a tireóide é uma das maiores e mais importantes glândulas endócrinas (responsáveis pela produção de hormônios) do corpo humano. A produção dos hormônios tiroxina (T4) e triiodotironina (T3) é importante na regulação do metabolismo humano. Além disso, a glândula é responsável pela produção da calcitonina, hormônio responsável pela regulação metabólica do cálcio no organismo.

Problemas na tireóide  são comuns e afetam pessoas de todas as idades ao redor do mundo, podendo trazer conseqüências que vão de inoportunas à graves para quem os possui, assim, este guia Comofas tem o intuito de te ajudar a descobrir se está com problemas na tireóide.

tireoide Como saber se estou com problemas na tireóide

Como saber se estou com problemas na tireóide

  1. Verifique se há inchaço ao redor no pescoço. Tal inchaço (também conhecido como bócio) é um dos sinais mais característicos de que há algo errado com a tireóide e está presente tanto no hipo quanto no hipertireoidismo (ver mais adiante).
  2. Observe a presença de irregularidades intestinal. Constipação crônica pode sinalizar hipotireoidismo, enquanto diarréia recorrente pode ser sinal de hipertireoidismo.
    montagem tireoide Como saber se estou com problemas na tireóide
  3. Verifique a existência de inchaço nos pulsos e tornozelos.
  4. Problemas de hiperatividade na tireóide podem causar perda de cabelo anormal. As vezes tal manifestação é tão intensa que chega a afetar sobrancelhas e cílios, bem como outras áreas do corpo que são cobertas por pêlos.
  5. Observe os níveis de colesterol. Níveis altos ou baixos em demasia, além de não se modificarem com mudança na alimentação e exercícios físicos podem ser indicativos de problemas na glândula.
  6. Ganhos ou perdas inexplicáveis de peso podem indicar, respectivamente, hipo e hipertireoidismo.
  7. Problemas na tireóide também podem ser resultar em hiperatividade ou cansaço extremos. Observe.

Hipertireoidismo e Hipotireoidismo são as principais doenças advindas de alterações na tireóide. Conheça cada uma delas:

Hipertireoidismo

hipertireoidismo corpo1 Como saber se estou com problemas na tireóide

Caracteriza-se pelo funcionamento excessivo da glândula tireóide e conseqüente alta produção dos seus hormônios. Assim, surgem os sintomas relacionados à alta atividade metabólica do organismo:

  • Aumento execessivo do apetite
  • Aumento das taxas intestinais
  • Insônia
  • Irritabilidade
  • Tremores
  • Intolerância ao calor
  • Palpitações
  • Emagrecimento
  • Exoftalmia (projeção dos globos oculares
  • Unhas quebradiças, pele quente e úmida, cabelo seco e quebradiço, queda de cabelo, etc.
  • Alterações no ciclo menstrual e infertilidade na mulher
  • Bócio

Hipotireoidismo

hipo Como saber se estou com problemas na tireóide

Pode-se dizer que, etiologicamente, é oposto do hipertireoidismo, pois é causada justamente pela diminuição dos hormônios produzidos pela glândula tireóide. Sua sintomatologia é também inversa a maioria dos sintomas da doença anterior:

  • Sonolência
  • Déficit de atenção
  • Constipação
  • Intolerância ao frio
  • Apatia
  • Diminuição do apetite
  • Ganho de peso
  • Depressão
  • Cabelos secos, quebradiços e de crescimento lento
  • O mesmo para as unhas

gordura hipotireoidismo Como saber se estou com problemas na tireóide

O controle, tanto do hipo quanto do hipertireoidismo, é fundamental para a manutenção da saúde. Caso observe em você alguns dos sintomas relacionados acima, procure um médico imediatamente.

5 replies to this post