Como sair da depressão profunda


376961572_eff9249102

A depressão profunda é uma doença extremamente perigosa sobre todos os sentidos. Ela compromete a saúde funcional, a sociabilização e a vida dos indivíduos que apresentam, entre outros sintomas, desânimo, angústia e tristeza 24 horas por dia.

Ela surge de forma inesperada e logo é percebida através da mudança comportamental do paciente que passa a se isolar dos amigos e familiares, se autodestruindo moralmente e psicologicamente. Um ser depressivo não tem esperanças, sonhos ou vontade de sair de casa para trabalhar, estudar e conquistar seus objetivos: Tudo o que ele mais deseja é ficar sozinho e acabar-se em seu próprio sofrimento.

Estes são os sintomas e comportamentos típicos da depressão profunda, a forma mais cruel e devastadora de depressão que a medicina e a psicologia têm conhecimento. Para se livrar desta realidade e voltar a sorrir para a vida, acompanhe estas dicas e saiba como sair dessa.

1349636953 f39d3ba7a41 Como sair da depressão profundaandreaguerra/Flickr

Como sair da Depressão Profunda

A perda de um ente querido; o fim do casamento e o desemprego são os principais fatores  desencadeantes da depressão, que pode ser perceptível quando o indivíduo busca no isolamento a solução para seus sofrimentos e suas perdas.

E é justamente este o principal agravante da depressão: O isolamento. Quando o ser sofre calado, naturalmente fica sufocado em sua dor como se estivesse afogando em pleno oceano e não pudesse nadar sozinho até a terra firme. Desta forma, o indivíduo vai cada vez mais ficando submerso, fazendo com que a depressão se desenvolva dia-a-dia e se torne profunda.

O fator mais importante para sair da depressão é o reconhecimento da doença. Não tema pedir ajuda e não se esconda da cura. Assuma suas fraquezas e reconheça que sozinho você jamais será capaz de atravessar esse mar de tristeza e dor. Veja agora dicas que lhe ajudarão na busca pelo tratamento profissional e familiar.

Dicas

  1. Evite a solidão. É no silêncio que a depressão encontra forças para se desenvolver e devastar toda a alegria existente em uma pessoa. Se você mora sozinho ou trabalha em locais isolados, busque passar suas horas livres com amigos e familiares e sempre que se sentir triste, corra para o telefone e marque um cinema ou passeio pela cidade.
  2. Tenha controle de seus pensamentos. Pensar em coisas negativas e olhar para o sucesso alheio com inveja só contribuirá para o fortalecimento da depressão. Você precisa modificar sua visão de mundo e ver o lado positivo das situações e das pessoas que a vida lhe apresenta. Sinta a natureza, reconheça tudo o que você já conquistou até aqui e trace objetivos para o futuro.
  3. Proteja-se espiritualmente. Mesmo que você não tenha uma religião definida, faça orações e peça proteção divina diariamente. Entendendo que somos feitos e corpo e espirito, precisamos cuidar de nossa saúde e de nossos sentimentos com a mesma constância e atenção.
  4. Compare a sua realidade com a de outras pessoas. Isso pode parecer vago, mas experimente pensar da seguinte forma: Quantas pessoas não gostariam de estar no meu lugar, ter as coisas que tenho e viver da forma que vivo? Existem milhões de pessoas no planeta que sofrem desde o nascimento, nunca tiveram motivos para sorrir e mesmo assim persistem fiéis à vida e você precisa dar valor às oportunidades que todos os dias lhe aparecem com a chegada de um novo amanhecer.
  5. Busque ajuda especializada e confie em sua família. Se você realmente se sente infeliz, não tem vontade de sair da cama e chora sem motivos constantemente, possivelmente estará sofrendo de depressão profunda e só conseguirá curar este quadro com ajuda psicológica e especializada. Peça para alguém de sua família acompanhá-lo até o consultório médico e não se esqueça da dica mais importante para a cura da depressão profunda: Invista em seus talentos e evite a solidão.

2760017514 90365e90dd2 Como sair da depressão profundaanathea/Flickr

Admitir a doença e querer realmente curá-la é o primeiro e mais importante passo no reencontro com a vida, com a paz interior e com a felicidade. Busque tratamento médico o quanto antes e seja fiel ao tratamento funcional e psicológico.

Boa Sorte!

(imagem destaque:Theraggedy-man/Flickr)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !