Como se comporta uma pessoa bipolar


8384492263_44bdb9246c

A bipolaridade é um transtorno comportamental que começa a ser tratado com maior atenção por médicos e psicólogos em função do número elevado de pacientes que são considerados bipolares.

O tratamento da bipolaridade é personalizado para cada paciente. Em alguns casos, são indicadas consultas psiquiátricas e sessões de terapia, porém, nas ocorrências mais sérias os profissionais podem recomendar o uso de remédios capazes de controlar os ânimos e sensações características deste transtorno que pode prejudicar a convivência em família e na sociedade como um todo.

Vejamos mais algumas informações sobre a bipolaridade, quais os cuidados tomar na identificação da doença e como ela impacta na vida dos pacientes diagnosticado com transtorno bipolar.

Transtorno bipolar

O transtorno bipolar é considerado pelos especialistas como um tipo de doença mental que determina a oscilação de humor no paciente diagnosticado, que pode estar muito feliz e de repente o mesmo começa a demonstrar irritação, tristeza e sinais de depressão.

Bipolar Dyptych 1 365 Como se comporta uma pessoa bipolarCapra Royale/Wikimedia Commons

As causas da bipolaridade ainda são incertas, porém, os sintomas costumam surgir entre dos quinze aos trinta anos de idade, seja em homens ou mulheres. Geralmente, o transtorno bipolar é decorrente de alguma situação passada que tenha abado emocionalmente o indivíduo que, a partir de então, passou a se comportar de maneira diferente e preocupante.

O uso de narcóticos, antidepressivos e esteroides são fatores de risco quanto o surgimento dos sintomas da bipolaridade, assim como a insônia e a depressão pós-parto. As mudanças bruscas de humor e o comportamento agressivo tornam a bipolaridade uma grave doença que precisa de tratamento clínico o quanto antes, seja ele terapêutico ou medicinal.

Como se comporta uma pessoa bipolar

Existem três tipos de transtorno bipolar:

  • Ciclotimia: É a forma mais leve de transtorno bipolar caracterizada por pequenas, porém frequentes oscilações de humor, indo da hipomania a depressão leve. O indivíduo pode sentir vontade de chorar em momentos de tranquilidade ou desistir de um programa social após já estar pronto para sair.
  • Transtorno bipolar tipo I: Também chamado de depressão maníaca, este é o tipo de transtorno bipolar mais preocupante, pois o indivíduo vai de um extremo ao outro em poucos minutos, estando completamente feliz em um momento e logo depois passando a apresentar quadros de depressão profunda, um fator preocupante a sua integridade física e psicológica. Em muitos casos, os pacientes ficam tão agoniados que mutilam o próprio corpo até que sua raiva ou tristeza passe.

2378475937 4993870b0a Como se comporta uma pessoa bipolarvana_gwen/Flickr

  • Transtorno bipolar tipo II: O comportamento de indivíduos com este tipo de transtorno bipolar é marcado pelo excesso de energia e impulsividade que podem ser tão intensos quanto as manias características da bipolaridade tipo I. Em um momento, a pessoa sente vontade de fazer várias coisas ao mesmo tempo, e no outro, apenas deseja se trancar em seu quarto e dormir o dia inteiro. Muitas vezes o transtorno bipolar do tipo II é definido como uma depressão, por conta dos mesmos sintomas entre estas doenças.

Em suma, o transtorno bipolar desencadeia a instabilidade comportamental do indivíduo que sentirá alegria e tristeza em pouco período de tempo, de forma diária e inevitável.

Observação

Na ocorrência de mudanças bruscas de humor é indicado que o indivíduo procure um psicólogo ou profissional da área da saúde para realizar o exame identificador da doença. Quanto antes for iniciado o tratamento, melhores serão as consequências da vida de um paciente diagnosticado com transtorno bipolar.

O comportamento de uma pessoa bipolar prejudica suas relações interpessoais e pode influenciar negativamente na interação com seus parentes e amigos. Na existência dos sintomas, busque ajuda especialidade imediatamente e inicie o quanto antes o tratamento preventivo.

Boa Sorte!

(Imagem Destaque: Life Mental Health/Flickr)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !

1 reply to this post
  1. "Geralmente, o transtorno bipolar é decorrente de alguma situação" : não é bem assim. O Transtorno Afetivo Bipolar é uma doença de origem hereditária e causa ainda desconhecida. Algumas situações podem fazê-la se manifestar ou intensificar seus sintomas. Mas não se pode dizer que ela seja "decorrente" de situações externas.