Como ser um bom gerente – Técnicas e dicas


00984gd-1285902091

Ter um gerenciamento eficaz é importante para o sucesso de qualquer negócio. Tal tarefa consiste no planejamento, execução e controle dos trabalhos exercidos em um determinado setor, órgão ou empresa, bem como no supervisionamento dos seus funcionários subordinados.

00984gd 12859020911 285x175 Como ser um bom gerente   Técnicas e dicas

O gerente é o indivíduo responsável por tal função exercendo as vezes de “olhos do dono” em um negócio. Pode ser tanto um indivíduo designado dentre os funcionários para ser o supervisor dos mesmos, emprestando seus olhos ao chefe e por isso mesmo ganhando mais (mesmo que sua função produtiva seja idêntica aos outros). Como pode ser também alguém cuja função naquela empresa ou setor seja exclusivamente supervisionar e coordenar os subordinados, exercendo, na função de gerência, uma posição clara de chefia.

Gerenciamento integrado 285x175 Como ser um bom gerente   Técnicas e dicas

A idéia de “olhos do dono”, difundida no Brasil desde os primórdios da pecuária, onde peões de confiança eram escolhidos para administrar e guardar a produção na ausência do dono,  é bastante antiga. No antigo império Persa o embaixador era comumente nomeado de olhos do rei, tendo a mesma função que se conhece hoje de um gerente, salvo as proporções, é claro.

cyrus the great rei 285x175 Como ser um bom gerente   Técnicas e dicas

A despeito de tudo isso, podemos estar certo de uma coisa, administrar empregados é uma tarefa complicada, existem muitas atitudes equivocadas que podem tanto causar raiva aos subordinados, dando ao gerente a fama de tirano, e tantas outras que podem passar a impressão de “moleza” por parte da gerência, fazendo com que os empregados não exerçam todo o seu potencial no trabalho.

holding on risk 284x175 Como ser um bom gerente   Técnicas e dicas

Neste guia, Comofas te dá algumas dicas sobre como ser um bom gerente

Passo a Passo

1) Certifique-se de estabelecer expectativas realistas para os funcionários.  Tenha certeza de que estipulou tempo suficiente para realização de cada projeto e que seus funcionários estejam capacitados para concluí-los.

2) Caso seja necessário exigir um prazo apertado para determinado funcionário, esteja preparado para pagar horas extras. Não folgue sua exigência, mas seja justo, porém, na hora do pagamento. Limitar horas extras e estabelecer prazos curtos é uma receita infalível para tornar infelizes os empregados.

3) Confie em quem trabalha para você. Caso algum dos funcionários não inspire confiança, considere sua substituição. É claro que você não deve confiar cegamente em ninguém, mas para trabalhar direito é necessário depositar algum crédito em sua equipe.

4) Não tome partido. Existindo algum conflito entre seus funcionários, prefira moderar uma solução a ficar do lado de apenas um deles. Também não é interessante estimular a concorrência na forma de confronto entre eles, pois ficarão na defensiva, não trabalharão em equipe e ainda irão ficar ressentidos com os colegas e com você.

5) Dê oportunidades de avanço e aprendizado para seus funcionários. Eles se sentirão motivados além de melhorar a capacidade de recursos humanos de sua empresa.

6) Seja tão flexível quanto possível. Não deixar seus empregados montar em você não significa ser necessariamente um carrasco. Se um funcionário pode trabalhar em casa e for tão produtivo quanto no escritório, não há razão para não permitir que ele fique em casa. Se um bom funcionário pede um dia de folga para levar o filho doente ao hospital, também não há razão para não conceder.

7) Passe tanto tempo no escritório quanto seus funcionários, se possível, mais tempo que eles. Chegar atrasado e sair mais cedo, além de dar mal exemplo, desmotiva o trabalho. Principalmente se o seu negócio ainda está em fase de crescimento ou passa por alguma crise.

8 ) Inspire o trabalho!

1 reply to this post