Como ser um veterinário


7096472197_0eb4d836ab

A veterinária é um dos ramos de negócio mais bonitos e atraentes da nossa sociedade atualmente. Talvez pelo fato de proporcionar um pouco de alívio e bem-estar para seres tão indefesos que jamais poderiam ter uma qualidade de vida ou, em alguns casos até mesmo sobreviver, sem os cuidados de um profissional. Para ser um veterinário de verdade, é preciso primeiramente se apaixonar pelo seu objeto de estudo, que no caso são seres vivos que não têm como expressar em palavras aquilo que estão sentindo. Os animais são a parte mais importante da natureza e não podem ser desprezados ou esquecidos.

Uma vez compreendido esse processo é hora de iniciar os preparativos para estudar esse mundo novo e diferente dos animais. O primeiro passo é matricular-se num curso superior de veterinária, que possui uma média de quatro ou cinco anos, dependendo do modelo da faculdade e do desempenho do aluno. Após concluído o curso, é hora de pensar em um projeto de negócios para abrir uma clínica e começar a atuar dentro da profissão. Então fique atendo às dicas a seguir e boa sorte com a sua nova empreitada.

Dicas

  • Matricule-se num curso superior de veterinária. Sabemos que um dos maiores medos que passam pela cabeça dos jovens atualmente é a escolha de um curso superior aliada à necessidade de estudar para o vestibular. Uma vez quebrada essa barreira, o aluno se encontrará dentro da universidade e irá aprender disciplinas fundamentais para exercer a profissão. Nesse período, ele terá contato com a anatomia, química, farmacologia e diversas outras matérias importantes para garantir o bem-estar dos peludinhos.

4476089887 fce1fa3d0e Como ser um veterinárioThe U.S. Army/Flickr

  • Vencendo a barreira da graduação. Passados os quatro anos do curso, o formando terá uma visão completamente diferente da profissão bem como dos animais objetos de seus estudos. Ao final do curso o novo profissional terá todas as capacidades não só para tratar os animais da melhor maneira possível, fornecendo medicamentos e proporcionando melhor qualidade de vida, mas também terá uma visão ampla de como montar seu próprio negócio e expandi-lo. A próxima etapa deve ser analisada com calma para garantir sucesso na sua empreitada como um veterinário de sucesso.
  • Como iniciar seu próprio negócio. Ao se tornar um veterinário, será possível ter contato com um universo novo de possibilidades que vão definir sua vida e seu destino como profissional. O primeiro passo é criar um plano de negócios que permita obter bons rendimentos e fazer aquilo que mais te agrada dentro da profissão. Alguns veterinários abrem clínicas em centros urbanos e prestam serviços preferencialmente para animais domésticos como cães e gatos. Já outros profissionais preferem se deslocar frequentemente por fazendas da zona rural prestando serviços de atendimento à equinos, bovinos e outros animais comuns nessas regiões. Há também aqueles que se inserem em projetos de pesquisas em florestas e outros locais para cuidar de animais selvagens. As possibilidades são imensas e só depende do seu gosto pessoal seguir em frente.

US Navy 060815 N 0411D 018 U.S. Army Veterinarian Capt Gwynne Kinley of Cape Elizabeth Maine immunizes a goat with the help of U.S. Navy Operations Specialist 2nd Class Jessica Silva Como ser um veterinárioU.S. Navy photo by Mass Communication Specialist 2nd Class Roger S. Duncan/Wikimedia Commons

Faça aquilo que mais lhe agrada. Uma vez determinado o seu destino, crie um planejamento aprofundado para tornar o negócio uma realidade. Faça uma pesquisa de mercado na região, adquira um capital inicial compatível com o tamanho do investimento, tenha bons fornecedores e mergulhe fundo nos seus sonhos. Com o tempo e boa administração será possível tornar-se um profissional respeitado e conhecido dentro do seu ramo de atividades.

Boa Sorte!

(Imagem Destaque: Army Medicine /Flickr)