Como superar o fim de um namoro


fim-namoro-traicao

Superar um relacionamento que chega ao fim pode ser incrivelmente doloroso e difícil de aceitar. A depressão pós-rompimento não é rara e pode trazer diversos efeitos para a saúde, auto-estima, vida pessoal e profissional de uma pessoa. Logo imediatamente após o fim a pessoa poderá apresentar capacidade reduzida de concentração e aprendizado, apatia em relação a coisas comuns e corriqueiras, padrões anormais na rotina de sono, etc.

Fim de relacionamento 528x250 Como superar o fim de um namoro

Tais problemas podem ser comuns, mas atingem níveis anormalmente nocivos em muitas das pessoas afetadas, devendo por isso serem evitados e combatidos ao máximo. Pensando nisso, Comofas trás até você este guia com dicas sobre como superar o fim de um namoro e a depressão advinda disso.

superar fim de namoro 300x250 Como superar o fim de um namoro

Passo a Passo

1)    Busque encerrar por completo o relacionamento. Tal ato significa ter uma conversa definitiva com seu ex, identificar o motivo de não ter dado certo, se livrar de objetos e fotografias que remetam à relação ou que de alguma forma evoquem tristeza. O mais importante é não tentar, demasiadamente, entender o porquê do fim. Acabou porque acabou e ponto, se fosse para continuar estariam invariavelmente juntos. Relacionamentos não são matemática ou possuem uma alavanca secreta capaz de reatar o que foi perdido. Conforme-se!

2)    Aceite o fim. Evite se questionar se o que precipitou tudo foi um fato justo ou injusto, qualquer dúvida leia o item 1 novamente.

3)    Ocupe-se com as atividades que te dão prazer. Explorar seus hobbies trará um sentimento de satisfação ao mesmo tempo em que afasta as tristezas.

4)    Busque ar fresco. Em momentos como este o pior é ficar dentro de casa em um auto – confinamento cercado de lembranças e tristezas. Saia de sua zona de conforto (não tão confortável assim) e enfrente a realidade afinal, por mais que queira evitá-la, estará sempre vivendo nela.

5)    Mantenha-se perto dos bons amigos, principalmente daqueles que não tentarão te ajudar ou dar conselhos e, por isso mesmo, te ajudarão ainda mais.

6)    Concentre-se em estabelecer uma nova rotina para completar as lacunas deixadas pelo afastamento do outro.

7)    Seja paciente consigo mesmo, a superação não virá da noite para o dia, esteja ciente disso, o que você não pode é retroceder.

8)    Evite recaídas. Invariavelmente a pessoa que terminou com você (ou com quem terminou) irá te procurar se dizendo arrependida ou simplesmente para matar as saudades, seja forte ou poderá por a perder tudo o que conquistou até o momento no sentido de contornar a dor da separação.

9)    Permita-se viver novos relacionamentos. Mas faça isso por você e não para causar ciúmes no seu ex ou ficar por cima em uma possível disputa de egos. Agir assim seria o caminho certo para se magoar e magoar outras pessoas que não têm nada a ver com a história. Da mesma forma não precipite um novo relacionamento apenas por medo da solidão, deixe que as coisas em sua vida aconteçam de forma natural.

10)                      Boa sorte!

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !

2 replies to this post