Como tocar flauta


destaque1

A flauta doce soprano é um excelente instrumento musical para treinar o reconhecimento do som de cada nota musical. Por ser uma atividade simples e introdutória à música, o exercício da flauta doce é ideal para crianças acima de seis anos, e pode ser dirigido por um professor ou mesmo pelos pais, visto que não exige conhecimento prévio nem domínio do instrumento.

shutterstock 78772561 F550x450 Como tocar flauta

Via Shutterstock

Soprando o instrumento

A flauta doce é dividida em três partes: bocal ou cabeça, corpo e pé. Ela possui uma boquilha, uma abertura frontal ou janela, um orifício atrás e sete orifícios na frente. Para tocar a flauta é preciso soprá-la. O ar passa pela abertura, pelos orifícios fechados ou não e produz som.

shutterstock 23909278 F550x450 Como tocar flauta

Via Shutterstock

  1. Encoste levemente a boquilha no lábio inferior. Não é necessário introduzir a flauta na boca;
  2. Feche bem os lábios em redor da boquilha para que o ar não escape pelos lados;
  3. Imagine uma linha reta saindo da sua boca e mantenha a flauta numa inclinação de, aproximadamente, 45° em relação a essa linha imaginária. Nessa posição, o ar sai na direção correta, de modo que não é necessário forçar a respiração;
  4. Sopre a flauta, inspirando o ar pelo nariz e o expirando pela boca, suavemente, sem se preocupar em fechar os orifícios, apenas sopre;

Usando os dedos

A flauta doce possui oito orifícios, sete na frente e um atrás. Os orifícios devem ser fechados com a polpa dos dedos, e não com as pontas. A mão esquerda fica na parte superior da flauta e a direita na parte inferior, independente de o aluno ser destro ou canhoto. Cada dedo precisa manter a sua posição correta, são elas:

shutterstock 118098652 F550x450 Como tocar flauta

Via Shutterstock

Mão esquerda:

  • Polegar – fecha, abre ou entreabre o orifício de trás da flauta;
  • Indicador – primeiro orifício da frente, de cima para baixo;
  • Médio – segundo orifício da frente;
  • Anular – terceiro orifício da frente.
  • Mindinho – livre.

Mão direita:

  • Polegar – apóia a flauta;
  • Indicador – quarto orifício da frente;
  • Médio – quinto orifício da frente;
  • Anular – sexto orifício da frente;
  • Mindinho – sétimo orifício da frente.

flauta1 Como tocar flauta

Notas musicais

Conforme fecha ou abre os orifícios, as notas musicais variam. Confira algumas notas básicas:

  • Dó – Todos os orifícios fechados;
  • Ré – Todos os orifícios fechados, exceto o sétimo;
  • Mi – Todos os orifícios fechados, exceto o sétimo e o sexto;
  • Fá – Todos os orifícios fechados, exceto o sétimo, o sexto e o quinto;
  • Sol – O orifício de trás e os três primeiros da frente fechados;
  • Lá – O orifício de trás e os dois primeiros da frente fechados;
  • Si – O orifício de trás e o primeiro da frente fechados;
  • Dó (agudo) – O orifício de trás e o segundo da frente fechados;
  • Ré (agudo) – O orifício de aberto e o primeiro da frente fechado.
shutterstock 111620609 F550x450 Como tocar flauta

Via Shutterstock

(Clique aqui para ver as posições das notas na flauta)

Treine músicas folclóricas

Um excelente exercício inicial para a flauta doce é o treino de músicas folclóricas, pois a maioria delas é de simples execução.

Experimente essas:

Cai Cai Balão

sol sol fá mi

sol sol fá mi

sol lá sol fá mi ré

re mi fá ré mi fá ré mi fá

sol lá sol fá mi ré dó

flauta2 Como tocar flauta

O Sapo Não Lava O Pé

sol Dó Dó sol lá sol dó

sol Dó Dó sol lá sol ré

sol sol si si sol lá sol si si

sol lá sol si sol lá si Dó

sol Mi sol Dó

Dicas

  1. As notas escritas com a letra inicial maiúscula são as notas agudas;
  2. Sempre respire nas pausas;
  3. Nunca empreste sua flauta;
  4. Mantenha sua flauta limpa;
  5. Evite manter o dedos rígidos.

Sempre ouvimos dizer que a flauta doce é um instrumento desafinado. Nesse caso, a afinação pode depender de vários fatores: temperatura da flauta, intensidade do sopro e equilíbrio do som emitido, dedilhado, conhecimento das irregularidades do instrumento e também de seu bom estado de conservação. Observe que, à medida que você for abrindo o bocal, como se fosse retirá-lo, o som da flauta vai ficando mais grave. E não se esqueça: a afinação do instrumento é uma constante no aprendizado musical de todo instrumentista.

Então, agora é com você. Exercite-se diariamente e logo, logo conhecerá muito bem o seu instrumento.