Como tratar de gordura no fígado


7179555448_e27da59723

Inchaço abdominal, fortes dores de cabeça, enjoos e tonalidade amarelada nos olhos ou na pele são sintomas da esteatose hepática, também conhecida como gordura no fígado, que surge principalmente em pacientes obesos ou em casos de excessos alimentares baseados em frituras e refeições gordurosas.

Após a identificação destes sintomas, é fundamental que o indivíduo busque ajuda médica e realize exames que comprovem ou não a existência desta doença que não é grave, mas pode condenar seriamente a saúde e contribuir para o surgimento de enfermidades mais intensas e agudas.

7333044148 7d5f48ba733 Como tratar de gordura no fígadoTipes Times/Flickr

Como tratar gordura no fígado

A principal causa da esteatose hepática é a ingestão de alimentos com alto teor de gordura, principalmente sob a forma de churrascos, salgadinhos, batatas-fritas, bebidas alcoólicas e refrigerantes. A doença pode ou não estar associada à obesidade, porém, existem casos de pacientes com gordura no fígado que não ultrapassaram os limites de seu peso ideal, ou seja, que não apresentam esteticamente esta realidade clínica.

Para que o paciente com esteatose hepática conquiste a cura é imprescindível que adquira novos hábitos alimentares e funcionais, que são os cuidados diretos na garantia de diminuição dos sintomas e consequências negativas desta doença. Confira agora quais são os cinco passos decisivos e necessários para o tratamento da gordura no fígado:

800px 66 lores Como tratar de gordura no fígadoCDC/ Dr. Edwin P. Ewing, Jr./Wikimedia Commons

Passo a passo

  1. Evite os fatores de risco. Elimine totalmente de sua rotina todos os elementos que foram responsáveis pelo surgimento da esteatose hepática, tais como o consumo de bebidas alcoólicas, o tabagismo e o sedentarismo. Estes são os principais fatores de risco desta doença e precisam ser evitados logo no início do tratamento.
  2. Selecione suas refeições. Nada de batatas-fritas, churrascadas, salgadinhos, x-burger, maionese, pizza, sorvete e qualquer outro tipo de alimento que contenha gorduras saturadas ou trans. Pode parecer um grande sacrifício abdicar-se de todas essas tentações ao mesmo tempo, porém, o tratamento exige restrição total contra estes tipos de refeições, ou do contrário, a garantia dos resultados estará seriamente comprometida.
  3. Coma mais frutas, legumes e verduras. Este é o principal momento no processo de cura da esteatose hepática, conhecido como reeducação alimentar. Nele, o indivíduo deve trocar alimentos industrializados por insumos naturais, tais como frutas, legumes e verduras, sem moderação ou restrições. Sucos naturais, sopas, bolos e saladas de frutas são excelentes dicas para que os resultados do tratamento ocorram da melhor e mais rápida forma possível, sem a necessidade de intervenções clínicas ou cirúrgicas.7284199274 5732c2ae9a1 Como tratar de gordura no fígado                                                                                         Tipes Times/Flickr 
  4. Movimente-se. Você quer mesmo eliminar as gorduras que se alocaram em seu fígado? Então não fique parado e escolha hoje mesmo um exercício para realizar, no mínimo, três vezes na semana. Pode ser uma caminhada na esteira, um passeio ciclístico, uma aula de dança ou de musculação. O importante é que seu corpo não fique propenso a armazenar gorduras e aprenda a eliminá-las naturalmente. Para tornar esta etapa do tratamento mais prazerosa, encontre uma parceria esportiva e veja como será mais tranquilo exercitar-se.
  5. Não deixe de consultar o seu médico. É este o profissional que identificará as conquistas do tratamento, orientando-o constantemente na garantia dos melhores resultados possíveis. Compareça a todas as consultas clínicas, realize os exames indicados e controle sua alimentação.

Informações adicionais

  • Na maioria dos casos, a esteatose hepática ocorre em pacientes obesos ou diabéticos, porém, a doença é suscetível a todas as pessoas que abusam em refeições gordurosas e não praticam exercícios;
  • Os casos de gordura no fígado não são graves, porém, a demora no início do tratamento pode agravar a situação do paciente e originar outras doenças no fígado;
  • Gordura no fígado é uma doença que possui cura, sendo ela alcançada com a reeducação alimentar associada a prática de exercícios físicos e o cumprimento das recomendações de médicos e nutricionistas, que afirmam ser possível vencer o problema em, no máximo, três meses de tratamento.

4091978317 3f2eb60b26 Como tratar de gordura no fígadoavlxyz/Flickr

Para maiores informações sobre a ocorrência de gorduras no fígado, procure o posto de saúde mais próximo de sua residência e previna-se contra este problema e suas consequências malignas.

Boa Sorte!

(Imagem Destaque: TipsTimes/Flickr)

2 replies to this post