Como treinar um labrador


800px-Szasza

Não há quem não se encante ao ver um cão da raça labrador, andando pelas ruas da cidade como guia de cego, e, mesmo na TV, principalmente nas novelas, o labrador sempre é mostrado como um cão super calmo, obediente, equilibradíssimo, e que passa o dia deitado aos pés do seu dono.  Ledo engano… e, infelizmente, por causa dessa ideia errada, muitas pessoas sem conhecimento acabam se iludindo e adquirindo um labrador, sem conhecer realmente a raça,  e quando percebem que na verdade ele é um verdadeiro furacão destruidor, ficam desesperados e, sem saber o que fazer para reverter isso, acabam desistindo do seu animal, doando ao primeiro que se interessar, ou pior, num ato de extrema crueldade, o abandona em um lugar qualquer.

800px Two Labrador Retrievers F550x450 Como treinar um labradorWikimedia Commons

De fato, o labrador pode sim se tornar o cão dos sonhos de qualquer pessoa, desde que seja treinado. É uma raça inteligentíssima, observadora, obediente, que adora pessoas, fiel e devotada ao dono, mas, por outro lado, possui uma energia fantástica e, por isso, não suporta ficar entediado. Também é extremamente dependente do dono, necessitando ficar por perto, pelo menos por algumas horas no dia. Resumindo: um labrador sem exercícios, sem treinamento e isolado do dono será um verdadeiro terror.

Por isso é importantíssimo ensinar e treinar seu labrador, e, para saber como fazer isso, aqui daremos algumas dicas básicas:

Brown labrador F550x450 Como treinar um labradorWikimedia Commons

Como treinar um labrador

  • Eduque-o desde o primeiro dia que chegar em sua casa. Pela sua inteligência, essa raça necessita de pulso firme (mas sem agressividade) e deve entender o que pode ou não pode fazer. Se você, por exemplo, deixa que ele durma com você num dia e depois não deixa no outro, ele ficará confuso, por isso, tenha coerência e ensine-o como se fosse uma criança.
  • Estabeleça regras e o repreenda imediatamente após ele fazer algo proibido. Não seja agressivo, nem grite, use poucas palavras firmes e tenha postura de líder. Algo que surte bastante efeito é deixá-lo isolado ou sozinho por uns 3 minutos – não adianta prolongar o “castigo” pois os cães esquecem rapidamente porque estão sendo punidos.
  • Recompense com agrados e petiscos cada vez que ele fizer algo certo depois de sua ordem –  não subir no sofá, não entrar na cozinha, não mordiscar sua mão na hora do carinho, etc. Desta forma, ele começa assimilar que toda vez que se comporta é recompensado.
  • Ensine primeiramente o comando SENTA. É muito útil para acalmar o animal ou quando é necessário que ele espere por algo (atravessar a rua, esperar a ração, etc)
    • Segure um petisco nas mãos.
    • Diga de maneira firme e bem clara o comando “SENTA”
    • Coloque-o na posição correta, pressionando um pouco seu quadril para que ele se sente.
    • Agrade muito e recompense.
    • Repita o comando, diminuindo cada vez mais a pressão nas mãos para que ele se sente, até dar apenas um toque, e depois, até ele sentar apenas ao ouvir o comando.
    • Nunca deixe de recompensá-lo. Observação: embora outros cães demorem alguns dias para assimilar o comando, pela sua inteligência, o labrador pode aprender em cerca de 4 ou 5 repetições.

Hola Labrador Retriever F550x450 Como treinar um labradorWikimedia Commons

  • Ensine o comando DEITA, que é bastante útil para treinar submissão, e para que o cão se deite sob uma mesa, por exemplo, e espere quieto enquanto seus donos comem.
    • Tenha um  petisco em mãos.
    • Diga de maneira firme o comando SENTA
    • Espere ele se sentar  e recompense.
    • Dê o comando DEITA
    • Coloque sua mão fechada com o petisco, abaixe a mão e vá afastando rente ao chão, de forma que para ele comer o petisco deva se deitar – se for necessário ajude puxando delicadamente as patinhas, para que ele entenda.
    • Recompense e agrade muito.
  • Pesquise outros comandos e truques, usando como base as orientações anteriores.  Não fique sempre nos mesmos exercícios, pois labradores sentem muito prazer em aprender coisas novas e ficam entediados facilmente.

Elisa Guidarelli F550x450 Como treinar um labradorWikimedia Commons

Dicas:

  • Não deixe a ração à disposição o dia inteiro. Estabeleça horários fixos para que o cão se alimente. Parece bobagem, mas o cão fica mais obediente e centrado quando recebe o alimento das mãos do dono.
  • Exercite muito seu cão labrador. É uma raça que possui muita energia, e por isso, necessita de no mínimo 1 hora de exercícios por dia. Um cão que gasta as energias fica menos ansioso e bem mais fácil de treinar.
  • Por terem uma grande inteligência, necessitam de exercícios mentais para manter o equilíbrio. O treinamento de comandos básicos é essencial para que você consiga se comunicar com um cão tão esperto.
  • Ter um cachorro implica em cumprir várias responsabilidades e uma delas é fazer o possível para que sua convivência com ele seja a mais tranquila possível. O Labrador é um cão muito fácil de treinar, por isso, aproveite esta facilidade. Leia e pesquise sobre as características da raça e faça de seu labrador um cão de causar inveja a todos.

Boa sorte!

 (Imagem Destacada: Wikimedia Commons)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !