Conheça os símbolos da quaresma


quaresma

A Quaresma não é para qualquer um. São 40 dias de reflexão, jejum, penitência, caridade e oração, que as Igrejas Católica, Anglicana e algumas protestantes, incentivam para que os fiéis se preparem para a maior festa do cristianismo: a Páscoa. A quaresma tem início na Quarta-feira de Cinzas e vai até a Quinta-feira Santa, quando começa o Tríduo Pascal.

Por que este período é de quarenta dias? Porque recorda muitos fatos da Bíblia: quarenta anos da caminhada do povo hebreu pelo deserto, quarenta dias que Jesus ficou jejuando no deserto, quarenta dias que Moisés ficou orando no Monte Sinai, etc.

quaresma4 Conheça os símbolos da quaresma

Na verdade o número 40 na Bíblia é simbólico e significa: período necessário para mudança, transição, passagem da vida antiga para a vida nova. É nesse tempo que precede a Páscoa que alguns cristãos, especialmente os católicos, se preparam com mais intensidade, e, embora seja um tempo de penitencia, de maneira nenhuma deve ser considerado um período triste ou depressivo. Trata-se de um momento de renovação e de expectativa para a festa da Ressurreição de Jesus Cristo.

Este período traz também muitos símbolos quaresmais, e toda a liturgia muda. O ambiente das Igrejas se torna mais austero, sem flores. Algumas igrejas chegam a cobrir as imagens dos santos, as musicas são totalmente diferentes das habituais, não se canta Glória nem Aleluia, a cor usada nos paramentos é a roxa, e as leituras bíblicas também são especiais.

Conheça, então, os símbolos deste tempo quaresmal e seus significados:

  • Cinzas: sinal de humildade. As cinzas são colocadas na cabeça dos fiéis na Quarta-feira de cinzas – primeiro dia da quaresma. Significam nossa limitação e representam a consciência do nada em relação ao criador e que tudo um dia terá um fim.
  • Deserto: local árido, inabitado. Na Bíblia representa momento de reflexão, de oração, de recomeço que une o homem a Deus. Na quaresma é um convite à introspecção.
  • Jejum: simboliza a renúncia de tudo aquilo que nos escraviza. Não é apenas a simples abstenção de comida, mas sim de todo apego material. O jejum por si só não tem valor se não levar o homem a uma mudança de mentalidade e aprofundamento espiritual.
  • Cor Roxa: simboliza penitencia e uma profunda interiorização num tempo forte de conversão, de jejum e oração em preparação a um grande acontecimento.
  • Cruz: a quaresma convida a olhar para a cruz, de forma a aceitar os sofrimentos da vida cotidiana, como Jesus Cristo aceitou sua dor, e depois venceu a morte. O mundo atual rejeita todo tipo de sofrimento, do qual ninguém está imune. Ao olhar para a cruz o homem deve revigorar sua fé, sabendo que Deus provê.
  • Incenso: Sua fumaça sobe aos céus. Nas celebrações eucarísticas significa as orações, sacrifícios e ofertas do homem que chegam até Deus. O incenso incita os sentidos à oração.
quaresma1 Conheça os símbolos da quaresma

Os símbolos apresentados aqui direcionam e auxiliam na caminhada rumo à Páscoa. Não significam nada isoladamente, se não levar o homem a uma profunda reflexão e desejo de mudança.

Na Semana Santa, última semana da quaresma, toda essa simbologia e atitudes são intensificadas, levando o fiel à uma preparação maior para celebrar o dia da ressurreição de Cristo.

Lembrando que, toda religião possui períodos de reflexão e amadurecimento da fé, para um encontro pessoal com Deus.

Mesmo que você não seja cristão, aproveite esse período para fazer uma reflexão com o objetivo de alcançar equilíbrio das emoções, e ir ao encontro daquilo que está escondido dentro de você.

Boa sorte!

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !

4 replies to this post