Própolis: como usar


propolis

Própolis é uma substância composta por resinas e ceras, e é produzida pelas abelhas. As resinas são colhidas nas plantas e a saliva das abelhas sobre estas resinas é utilizada na proteção contra fungos e bactérias nas entradas das colmeias. Além disso, o própolis ajuda a proteger o local contra o frio.

A consistência do própolis é viscosa e sua cor pode variar  de acordo com a flora onde a colmeia esta situada. Seu aroma e seu paladar também variam conforme as condições botânicas do lugar.

Por suas características antibióticas, o própolis vem sendo utilizado desde os tempos mais remotos, quando as civilizações grega, egípcia e chinesa descobriram suas particularidades medicinais. Desde então, existem milhares de receitas com o uso de própolis, principalmente combinado com mel. O própolis é um poderoso antibiótico natural, muito usado para tratar micoses, feridas e problemas de boca e garganta.

4528491107 cd1f2a68be z F550x450 Própolis: como usarblumenbiene / Flickr

Composição mais comum do própolis

  • 30% de cera de abelha;
  • 10% de óleos essenciais;
  • 50% de resinas vegetais;
  • 10% de pólen;

Ainda é possível encontrar centenas de compostos químicos no própolis, tais como ácidos aromáticos, alcoóis, terpenoides, açucares, aminoácidos, aldeídos, esteroides e flavonoides. Também estão presentes no própolis dezenas de vitaminas, enzimas, antibióticos e alguns minerais, como: zinco, cálcio e ferro.

Propriedades do própolis

  • Ação antimicrobiana;
  • Ação antifúngica;
  • Ação antiprotozoários;
  • Ação antivirótica;
  • Ação anestésica;
  • Ação anti-inflamatória;
  • Cicatrizante;
  • Estimulante sexual;
  • Estimulante do sistema imunológico;
  • Regeneração dos tecidos cutâneos;
  • Ação Antisséptica;
  • Ação anti-ulceras e atividades hepato-protetora;
  • Ação antigengivite;
  • Inibidor da multiplicação de células cancerígenas.

Aplicações do própolis

O própolis é muito utilizado no tratamento de diversas enfermidades, incluindo a prevenção, através do seu uso diário como estimulante do sistema imunológico. A aplicação do própolis é recomendada para os seguintes males:

  • Cura de infecções relacionadas à gengivite, estomatite, amigdalite e hemorroidas;
  • Prevenção e tratamento de pneumonia crônica;
  • Prevenção e tratamento de bronquite infantil;
  • Fortalecimento do organismo e redução dos efeitos colaterais causados por quimioterapia e radioterapia;
  • Tratamento de queimaduras graves, manchas na pele e fortalecimento do sistema capilar quando misturado a xampus e cremes de tratamento;
  • Trata e previne doenças relacionadas ao sistema respiratório e urinário;
  • Antioxidante natural;
  • Age como cicatrizante, anti-séptico e bactericida natural.

5650416360 23f1dc513f z F550x450 Própolis: como usarmattprice / Flickr

Como usar própolis

A administração do própolis pode ser feita de diferentes maneiras, dependendo do mal que deve ser tratado.

Aplicação tópica

  • Na forma liquida, pode ser misturado a pomadas para aplicação no local a ser tratado;
  • Em caso de micoses ou feridas, a aplicação de 1 gota de própolis no local pode resolver o problema em poucos dias.

Ingestão

  • O própolis pode ser administrado através de algumas gotas misturadas a sucos e sopas;
  • Para prevenção de doenças, basta ingerir de 10 a 20 gotas diárias de própolis;
  • Se for infectado por gripes, pneumonias, bronquites, amidalites, gengivites, herpes labial ou outros males da boca e garganta, use própolis diariamente.

Aproveite os benefícios deste poderoso remédio natural para curar e prevenir diversos tipos de doenças. Além de tudo, o própolis é um composto que pode ser encontrado facilmente no mercado, a preços muito acessíveis. Boa sorte!

(Imagem destaque: blumenbiene / Flickr)

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !