Qual a diferença entre juros simples e juros compostos?


4623512730_4786ab8acc_b-F550x450

Calcular, com precisão, juros não é uma tarefa tão simples para leigos e pessoas que não utilizam cálculos em seu cotidiano. A situação  piora quando não há uma calculadora por perto para facilitar os cálculos. Os juros são acréscimos no valor de algo por um período de tempo determinado. Seria como emprestar uma quantia em dinheiro e recebê-la, posteriormente, com um valor maior do que o que foi emprestado. Juros são pagamentos feitos por algo emprestado, ou comprado em parcelas, para ser pago em uma linha de tempo a ser determinada. Fato é que as vezes pagamos juros e nem nos damos conta disso. Os bancos e as financiadoras recolhem quantias absurdas através de juros, que podem ser simples ou compostos. Você sabe a diferença entre esses dois tipos de juros?

4882451326 5370972b53 F550x450 Qual a diferença entre juros simples e juros compostos?

Via creativecommons

Juros Simples:

Os juros simples são entendidos como acréscimos financeiros que somam-se ao valor inicial, o capital que foi aplicado ou emprestado. Os juros serão a somatória final desta situação. Veja um exemplo deste conceito:

Exemplo:

Uma pessoa solicita, em uma financiadora, um empréstimo de R$ 3.400,00. A financiadora propõe que essa quantia seja paga em 5 meses à taxas de 4% ao mês. Quanto será o valor adicional ao empréstimo ao final de seu pagamento?

Resolvendo:

1º Utilizamos a fórmula de cálculo para juros simples: J = C.i.t (J =Juros, C =Capital, i =Taxa, t= Tempo).

J = 3.400 x 5x 0,04 = 680,00

Resposta = Será acrescentado, ao valor inicial, R$ 680,00 ao final do pagamento à financiadora.

533757905 91b5a3675c b 1 F550x450 Qual a diferença entre juros simples e juros compostos?

Via creativecommons

Juros Compostos:

Juros compostos são são os adicionais monetários acrescidos ao capital de início. São conferidos os valores após cada período de aplicação programado, originando um novo capital. Confira no exemplo como calcular juros compostos:

Exemplo:

O capital R$ 9.800,00 foi aplicado a taxas de juros de 2% ao mês durante um ano. Qual será o valor arrecadado (Montante) ao final deste período de tempo.

Resolvendo:

1º Utilizamos a fórmula de cálculo para juros compostos: M = C * (1 + i)t  onde: M = Montante; C = Capital ; i = Taxa; t = Tempo)

M = 9.800 * (1 + 0,02)¹²

M = 9.800 * (1,02)¹²

M = 9.800 * 1,27

M = 9.800 * 1,27 =  12.446

Resposta = O valor final arrecadado (montante) será de R$ 12.446,00.

Também é possível calcular, além do montante, o capital inicial, as taxas de juros e o tempo de aplicação, de acordo com as informações disponível para cálculo.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar !

1 reply to this post